Checklist da escola segura: como a gestão promove saúde mental
Baixe agora!
Blog da Árvore
Gestão Escolar
O que é gestão escolar? O guia completo

O que é gestão escolar? O guia completo

24 maio 2023
5 min
Post modificado em:
21/3/2024

A gestão escolar é um aspecto crucial para o bom funcionamento de uma instituição de ensino. Esse pilar da escola é responsável por coordenar e organizar todas as atividades e recursos disponíveis. Além disso, procura garantir um ambiente propício ao aprendizado dos alunos, ao desenvolvimento dos professores e ao crescimento da escola como um todo.

Neste guia completo sobre gestão escolar, exploraremos:

  1. o que é a gestão escolar;
  2. seus pilares fundamentais;
  3. as origens da gestão escolar;
  4. e dicas para uma gestão eficiente.

Continue lendo para saber tudo sobre essa função!

O que é gestão escolar?

A gestão escolar refere-se ao conjunto de ações e processos administrativos e pedagógicos de uma instituição de ensino básico.

Esses processos envolvem um grupo de profissionais empenhados em promover espaços de troca, aprendizagem e bem-estar.  É o chamado trio gestor, composto pela direção, coordenação e supervisão da escola.

Seu propósito é estimular o desenvolvimento dos alunos, a formação dos professores, o engajamento das famílias e melhorias constantes da escola.

Qual o papel da gestão escolar?

A gestão escolar desempenha diversos papéis fundamentais para o bom funcionamento da escola. Entre suas funções estão:

  • a criação de metas e objetivos educacionais para a escola;
  • o planejamento de projetos pedagógicos e rotinas administrativas;
  • o gerenciamento de recursos humanos, financeiros e materiais;
  • a promoção da integração entre as famílias, docentes e discentes;
  • o cumprimento de políticas educacionais;
  • o acompanhamento e avaliação de desempenho de alunos e  professores;
  • o zelo pelo clima escolar e pela segurança dos alunos.

Como surgiu a gestão nas escolas?

A gestão nas escolas surgiu da necessidade de organizar e estruturar as instituições de ensino de forma mais eficiente.

Antigamente, as escolas eram administradas de maneira centralizada, com decisões tomadas apenas pela direção.

Com o tempo, percebeu-se a importância de envolver os demais atores educacionais, como professores, alunos e pais, na tomada de decisões.

Assim, a gestão escolar passou a ser mais participativa e democrática, valorizando o trabalho coletivo e a construção de projetos pedagógicos.

Quais os pilares da gestão escolar?

Para uma gestão escolar eficiente, é fundamental considerar seis pilares essenciais, descritos a seguir.

  1. Liderança: a liderança envolve a capacidade de inspirar, motivar e guiar a equipe escolar em direção aos objetivos educacionais.
  2. Planejamento: compreende a elaboração de um projeto pedagógico consistente, que organize e oriente as ações da escola.
  3. Organização: refere-se à estruturação dos processos internos da escola, como quadro de horários, distribuição de recursos e gestão de espaços.
  4. Comunicação: consiste na promoção de uma comunicação eficaz entre todos os membros da comunidade escolar. Ela visa ao engajamento e ao alinhamento de ideias.
  5. Formação continuada: diz respeito à formação constante e atualização dos profissionais da educação. A formação de qualidade garante que os educadores estejam preparados para lidar com demandas e dificuldades contemporâneas.
  6. Avaliação: envolve a aplicação de processos de avaliação contínua, tanto dos alunos quanto da própria escola. A avaliação serve para identificar pontos fortes e áreas que precisam ser aprimoradas.

É interessante notar, ainda, que esses aspectos são interdependentes e devem ser trabalhados de forma integrada.

Quais os tipos de gestão escolar?

Existem diferentes tipos de gestão escolar que podem ser aplicados de acordo com a realidade e as necessidades de cada instituição. Entre eles, destacam-se:

Gestão escolar democrática ou participativa

Esse modelo valoriza a participação de todos os agentes da escola na tomada de decisões, incluindo professores, alunos e famílias. Geralmente, é formado um conselho para representar esses grupos.

Ele inclui, também, reuniões periódicas e uma comunicação transparente sempre que necessário.

Gestão burocrática e administração centralizada

Uma administração centralizada é marcada pela hierarquia e concentração das tomadas de decisão nas mãos da direção escolar.

Seu norte principal são os resultados e indicadores da escola.

Gestão burocrática e administração descentralizada

Esse formato é semelhante ao anterior, mas com maior divisão das decisões entre os setores da escola.

Isso permite maior autonomia para outros profissionais.

Coordenadores de turno

Algumas instituições optam por organizar grupos de profissionais que se revezam na tomada de pequenas decisões diárias.

Eles aliviam a carga de trabalho da gestão escolar.

Gestão escolar online

Nos últimos anos, a tecnologia e os sistemas de gestão escolar se popularizaram. Na  gestão escolar, eles são úteis para automatizar tarefas burocráticas, como o envio de cobranças e relatórios.

Tais ferramentas também facilitam a comunicação e o trabalho remoto.

Note que cada tipo de gestão escolar possui suas características e benefícios. É importante adaptá-los ao contexto e às necessidades específicas de cada escola.

Quais as áreas da gestão escolar?

No trabalho de gestão escolar, é essencial considerar as principais áreas envolvidas. Você pode usar a lista abaixo para avaliar setores da sua escola.

  • Gestão pedagógica: responsável por aprimorar as práticas de ensino, garantindo um processo de aprendizagem eficaz. É essa equipe que elabora o desenho e aplicação do projeto pedagógico da escola, em parceria direta com professores.
  • Gestão financeira e gestão administrativa: coordenação das atividades financeiras da escola, acompanhando gastos, receitas e cobranças, garantindo a saúde financeira da instituição.
  • Gestão de recursos humanos: responsável pela contratação e desenvolvimento profissional de todos os funcionários da escola. Essa área tende, ainda, a promover um ambiente de trabalho adequado e valorizar cada membro da equipe.
  • Gestão jurídica: garante o cumprimento das regulamentações legais e cuida de contratos, processos e questões jurídicas envolvendo a escola. Seu escopo inclui a adaptação às normas da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).
  • Gestão da comunicação escolar: envolve o marketing educacional e a comunicação com a comunidade escolar. É o elo responsável pela promoção de eventos e ações da escola.

Cada área desempenha um papel importante na gestão escolar. É necessário garantir a atenção e o cuidado adequados em cada uma delas para o bom funcionamento da instituição.

Como é o dia a dia de um gestor escolar?

O dia a dia de um gestor escolar é dinâmico e repleto de desafios. Ele possui tarefas administrativas, como elaborar e gerenciar documentos, lidar com questões financeiras e gerir recursos humanos. 

Além disso, o gestor escolar também desempenha um papel pedagógico importante. Ele deve acompanhar o desenvolvimento dos alunos, orientar os professores, promover formações e buscar constantemente melhorias na qualidade do ensino.

Por fim, o gestor precisa lidar com situações diversas no ambiente escolar. Entre elas, podemos citar conflitos entre alunos, interação com os pais, implementação de projetos e participação em reuniões e eventos escolares.

Dicas de como ter uma gestão eficiente na escola

a) Estabeleça uma visão clara: defina metas e objetivos para a escola, envolvendo toda a equipe na construção dessa visão compartilhada.

b) Promova a comunicação e o diálogo: crie canais de comunicação eficazes. Assim, é possível promover o engajamento e a troca de informações entre os membros da comunidade escolar.

c) Incentive a formação continuada: invista na capacitação dos professores e demais profissionais, oferecendo oportunidades de aprendizado e atualização. Isso pode ser feito com palestras, workshops e até com o apoio financeiro a cursos externos.

d) Valorize o trabalho em equipe: estimule a colaboração e a participação de todos os envolvidos na escola. Reconheça e valorize as contribuições individuais e coletivas.

e) Utilize recursos tecnológicos: explore as ferramentas digitais disponíveis para otimizar processos administrativos, promover a comunicação e enriquecer as práticas pedagógicas.

f) Esteja aberto a mudanças: acompanhe as transformações educacionais. Esteja disposto a implementar inovações que contribuam para a melhoria da escola.

g) Promova uma cultura de aprendizagem: estimule a busca pelo conhecimento e a reflexão interdisciplinar sobre práticas educacionais. Crie um ambiente propício ao desenvolvimento profissional e pessoal de todos os envolvidos.

Esperamos que este post tenha te inspirado a se tornar uma liderança eficiente e conciliadora.

Seguindo as dicas mencionadas neste guia completo, você estará preparado para enfrentar os desafios da gestão e garantir bons resultados.

A gestão escolar é um processo contínuo e em constante evolução. Portanto, é preciso estar atento às tendências da educação. Aproveite e leia: 8 exemplos de tendências da educação para colocar em prática. Até a próxima!

Baixe o Guia Definitivo da Gestão Escolar!

Tenha acesso a dicas, materiais e conteúdos práticos para tornar o dia a dia da gestão escolar mais simplificado. É gratuito!

Preencha o formulário ao lado e receba o material no seu e-mail.

Formulário enviado com sucesso!
Erro! Por favor, tente novamente.

Você pode gostar também

Gestão Escolar

Quais são os desafios da gestão do cotidiano escolar?

Neste post, você descobre todos os desafios e responsabilidades da gestão do cotidiano escolar, além de dicas para o trabalho.

Continuar
Gestão Escolar

Gere oportunidades no atendimento da família na escola!

Quer saber como gerar oportunidades no atendimento da família na escola? Confira nosso post com dicas para a gestão escolar!

Continuar