Blog da Árvore
Gestão Escolar
Gestão escolar na pandemia e como se atualizar

Gestão escolar na pandemia e como se atualizar

10 mar 2022
2 min
Post modificado em:

Que a pandemia trouxe muitos desafios para a escola nós já sabemos. Mas como a gestão escolar conseguiu se atualizar e se superar neste período? Recursos tecnológicos, criatividade e muito acolhimento foram algumas das saídas encontradas por gestores escolares de todo país.

Para falar um pouco mais sobre o assunto, entrevistamos Carolina Favaro, coordenadora pedagógica do Centro de Ensino São José (São Paulo/SP), e Kelly Dantas, gestora do Mundi Colégio Curso (Natal/RN). As duas dividiram com a gente suas experiências no período de pandemia na gestão escolar. Confira!

Os principais desafios da gestão escolar na pandemia

O diálogo e relacionamento com as famílias, principalmente nos períodos de matrícula e rematrícula, promovem desafios constantes para a gestão escolar. Durante a pandemia não foi diferente. 

“A gestão escolar sempre tem como principal desafio a fidelização dos estudantes e famílias com base na qualidade pedagógica. Com a pandemia, o desafio se manteve no ápice, pois estávamos diante de ferramentas e um universo inteiramente novo, para educadores, alunos e famílias, o que gerou uma grande expectativa e ansiedade para garantir a mesma qualidade do trabalho oferecido anteriormente”, comenta Carolina, do Centro de Ensino São José. 

Kelly, do Mundi Colégio e Curso, destaca também os desafios financeiros que as escolas passaram durante o período. “Como todas as escolas, sofremos com os cancelamentos de matrícula, principalmente no Ensino Infantil. Assim como o pedido de abatimento de descontos nas mensalidades, o que nos acarretou uma grande dificuldade administrativa e financeira”, ressalta.

Tecnologia a favor da gestão escolar

No Mundi Colégio e Curso, a grande salvação foi o fato da escola já estar inserida no contexto tecnológico desde antes da pandemia. “Na nossa escola tivemos a felicidade de já termos muitas ferramentas tecnológicas disponíveis para o nosso alunado, o que nos norteou por onde começar, ou melhor, continuar nossas atividades! Dessa forma, no dia de fechamento integral, já tínhamos o aplicativo próprio da escola que entre tantas funcionalidades, as principais como agenda escolar, avisos à comunidade escolar e boletos para pagamentos já se davam pelo remoto”, explica Kelly. 

O mesmo aconteceu no Centro de Ensino São José, que viu a aceleração da digitalização do ensino. “A pandemia acelerou o processo interno de capacitação/formação tecnológica dos docentes e discentes. Deste modo, utilizamos de ampla criatividade para que o produto oferecido às famílias e alunos fosse de qualidade e com grande profissionalismo no mesmo instante que éramos aprendizes”, explica a coordenadora pedagógica Carolina.

Aulas remotas por meio de sistemas digitais de ensino, aplicativos e plataformas digitais, agenda escolar em sua versão online. Todos esses são exemplos de tecnologias que, se já não faziam parte do cotidiano escolar, passaram a integrar os colégios de todo Brasil depois da pandemia.

Criatividade para superar desafios

Se a tecnologia foi o suporte necessário para continuar com o ensino durante a pandemia, a criatividade foi o motor para a gestão escolar colocar tudo em prática. No Mundi Colégio e Curso, a primeira força-tarefa foi gravar todas as vídeos aulas para a continuidade do ensino remoto. A partir disso, a criatividade foi tomando conta na hora de elaborar novas ações pedagógicas na escola.

Assim, falar em reinvenção e superação nunca fez tanto sentido para a gestão escolar durante a pandemia. “Reinventamo-nos! Todos passaram a perceber outras habilidades para ser um profissional ainda melhor. E nós temos essa máxima na nossa escola, todos nós, enquanto equipe, sabemos que podemos contar uns com os outros e todo mundo faz um pouco de tudo. A começar pela própria gestão!”, explica Kelly. 

Recuperação da aprendizagem e os caminhos futuros

Com a vacinação de grande parte da população e melhora dos números da pandemia, as escolas têm retomado cada vez mais a rotina da sala de aula. Tudo isso sem deixar os ganhos e aprendizados que tiveram no período, como a digitalização de alguns processos e uso de tecnologias educacionais.

O esforço agora ficará concentrado na recuperação da aprendizagem dos alunos e na avaliação da defasagem escolar. “A gestão escolar lidará nos próximos anos com a herança dos déficits pedagógicos e emocionais nos alunos e seus familiares. Serão anos de investigação e análise sobre os novos processos de aprendizado, socialização, aceitação e, acima de tudo, como lidar com a frustração, algo que no ambiente escolar historicamente é algo delicado de se abordar”, explica Carolina do Centro de Ensino São José.

Essa é também a visão da Kelly do Mundi Colégio e Curso. “Agora é o momento de avaliar nossos alunos e perceber os prejuízos pedagógicos que ficaram desse hiato, além de redobrar os cuidados com as medidas de biossegurança, para que possamos ter a alegria de ver nossas crianças e adolescentes no lugar que os pertence, que é o ambiente escolar!”, conclui a gestora.

No items found.
Versão gratuita Árvore Livros

Experimente a versão gratuita da Árvore Livros

Tenha todas as funcionalidades da Árvore Livros em uma versão gratuita com acervo selecionado.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

Gestão Escolar

Sistemas de Gestão Escolar: Entenda Como A Tecnologia Pode Ser Sua Aliada!

Você sabia que a tecnologia pode ser uma grande aliada na administração das escolas? Confira neste artigo como isso pode acontecer por meio dos sistemas de gestão escolar.

Continuar
Gestão Escolar

Campanha de matrícula escolar: como reter alunos

Quer captar novos alunos e reter os atuais? Confira neste artigo como realizar uma ótima campanha de matrícula escolar.

Continuar
Gestão Escolar

A importância da avaliação qualitativa nas escolas

Neste texto, você vai descobrir o que é a avaliação qualitativa e como ela pode ser importante para o cotidiano escolar.

Continuar