Checklist da escola segura: como a gestão promove saúde mental
Baixe agora!
Blog da Árvore
Gestão Escolar
Planejamento escolar 2024: guia completo para gestores

Planejamento escolar 2024: guia completo para gestores

2 fev 2023
5 min
Post modificado em:
2/2/2024

O início de um ano letivo é marcado por inúmeras expectativas dos professores, alunos e suas famílias. Nesse contexto, cabe aos gestores a elaboração e divulgação de um planejamento escolar eficiente.

Essa organização é crucial para alinhar expectativas com todos os atores da comunidade escolar. Além disso, é o caminho mais seguro para promover melhorias em relação ao ano anterior e manter os bons resultados.

No texto de hoje, você vai entender melhor:

  • como iniciar o desenho do planejamento escolar 2024 ;
  • estratégias práticas para antecipar e contornar possíveis desafios que surgirão ao longo do caminho;
  • e como usar o planejamento escolar 2024 como uma ferramenta de inovação do currículo da escola.

Não deixe de conferir!

Desvendando o futuro: etapas iniciais do planejamento escolar 2024

Antes de traçar metas futuras é crucial ter um olhar crítico para o passado. Por isso, gestores precisam se unir com outros setores da escola para avaliar os dados quali e quantitativos a seguir.

Índices acadêmicos da escola

Consulte a equipe pedagógica e os relatórios do ano anterior para mapear:

  • as taxas de aprovação e reprovação da escola;
  • as médias de notas e conceitos por turmas, componentes curriculares e áreas;
  • percentuais de falta e frequência;
  • a participação da escola em eventos, premiações e competições externas (como, por exemplo, a Olimpíada Árvore e a OBMEP);
  • o apoio à formação continuada de docentes (não só em iniciativas internas, como em pós-graduações e cursos livres de outras instituições);
  • os projetos pedagógicos que resultaram em um bom engajamento e produções pelos alunos;
  • os critérios de avaliação do processo de ensino-aprendizagem.

Recursos financeiros

Um dos grandes desafios dos gestores escolares é, ainda, a gestão orçamentária da instituição. Atente-se, junto com um bom time de contadores e secretários:

  • às taxas e causas de inadimplência (no caso de escolas particulares);
  • ao controle do fluxo de caixa (e ferramentas usadas para registrá-lo);
  • aos custos fixos e variáveis (de modo a estabelecer prioridades orçamentárias);
  • à criação de um fundo de emergência para cobrir eventuais imprevistos, como consertos de materiais eletrônicos de uso contínuo, obras e compra de materiais essenciais.

Materiais e infraestrutura

É dever da gestão escolar, também, prezar pela infraestrutura, segurança e manutenção adequada dos ambientes para estudantes e funcionários. Nesse sentido, durante o planejamento escolar 2024, faz-se necessário:

  • testar os equipamentos tecnológicos (computadores, projetores e sistemas de som);
  • considerar o tempo de descolamento entre os espaços na logística de distribuição de horários;
  • listar todos os materiais necessários para suprir as demandas do projeto pedagógico da escola (mobiliário e materiais de papelaria, por exemplo);
  • contactar equipes competentes para avaliar os sistemas elétricos, a iluminação e os sistemas de vigilância;
  • decidir pela manutenção ou alteração de ferramentas de controle de entrada e saída da escola (como crachás, livros de visitas, câmeras e aplicativos).

Clima organizacional

Como a comunidade escolar tem percebido os eventos, as iniciativas e as interações desenvolvidas na escola? Um clima escolar harmonioso e democrático é crucial para a saúde mental e bom desempenho acadêmico e profissional de todos os envolvidos em uma educação de excelência.

Durante o planejamento escolar 2024, não abra mão de avaliar:

  • o acolhimento e valorização do corpo docente;
  • a presença e o engajamento das famílias em atividades, reuniões e eventos;
  • os processos de encaminhamento e protocolos de ação frente a situações emergenciais (como incêndios, acidentes ou episódios de violência);
  • as ferramentas, regras e sanções usadas para mediação e prevenção de conflitos;
  • a condução de pesquisas de satisfação internas, momentos de escuta e discussões relevantes para a cultura da escola;
  • e os canais digitais, horários, espaços físicos e ferramentas destinados à comunicação com pais e responsáveis.

Antecipando desafios: estratégias práticas para a gestão escolar

A partir da leitura crítica e organização de dados históricos, pode-se identificar padrões de aspectos positivos e negativos da escola. Além disso, essa experiência prévia ajuda na antecipação de problemas em potencial.

Só então é possível iniciar um plano de ação baseado em evidências, reduzindo a probabilidade de decisões arbitrárias ou subjetivas. As dicas a seguir podem facilitar esse processo.

  1. Estabeleça os objetivos gerais e específicos a serem alcançados em 2024, levando em consideração os valores da escola.
  2. Para cada objetivo elencado, estabeleça metas e iniciativas de curto, médio e longo prazo.
  3. Envolva as equipes na tomada de decisões e alinhe as tarefas a serem realizadas por cada setor.
  4. Redija, antes das primeiras reuniões, documentos detalhando as datas e horários de aulas, treinamentos, planejamento, descanso e projetos já programados.
  5. Aposte em dinâmicas de integração em reuniões internas e eventos abertos à comunidade.
  6. Adeque a carga horária e o projeto pedagógico aos documentos norteadores oficiais, como a BNCC e os PCNs.

Metas educacionais e inovação: novos caminhos curriculares no planejamento escolar 2024

Novas tecnologias podem facilitar o planejamento escolar 2024. Essas ferramentas visam à otimização de processos mais longos e burocráticos. 

Aliás, tecnologia e inovação caminham juntas no planejamento de metas educacionais! Considere, então, a implementação dos seguintes recursos:

  • softwares de gestão escolar para controle de matrículas, cancelamentos de contrato, notas, frequência e gestão de documentos;
  • mecanismos de inteligência artificial (IA) para cruzamento de dados, identificação de tendências e distribuição de horários com parâmetros pré-definidos (como a disponibilidade de professores, capacidade das salas de aula e preferências);
  • e-mails institucionais e aplicativos de mensagens instantâneas seguros para comunicação rápida, constante e transparente com as famílias;
  • plataformas ou pastas salvas em nuvem para registro de avaliações de desempenho e devolutivas de observações das aulas;
  • sistemas financeiros automatizados para gestão de cobranças, emissão de boletos e controle de despesas;
  • e aplicativos ou sites para compartilhamento, acompanhamento e distribuição de tarefas das equipes, como agendas ou listagens online.

Gestor, esperamos que este post tenha te inspirado a começar o ano letivo com o pé direito! Para se aprofundar ainda mais e garantir o sucesso do planejamento escolar 2024, acesse o nosso Guia de rematrícula escolar: passo a passo completo. Até a próxima!

Baixe o Guia Definitivo da Gestão Escolar!

Tenha acesso a dicas, materiais e conteúdos práticos para tornar o dia a dia da gestão escolar mais simplificado. É gratuito!

Preencha o formulário ao lado e receba o material no seu e-mail.

Formulário enviado com sucesso!
Erro! Por favor, tente novamente.

Você pode gostar também

Gestão Escolar

8 fatores que os responsáveis esperam da escola

O que os responsáveis esperam da escola? Confira a resposta neste post exclusivo!

Continuar
Gestão Escolar

O desafio da gestão escolar com excelência: como desenvolver

O desafio da gestão escolar está relacionado a mudanças na sociedade e na educação. Confira este artigo e saiba como adaptar a sua instituição de ensino.

Continuar