Como a tecnologia educacional pode ajudar na sala de aula?

Entre os maiores desafios de um educador está conseguir prender a atenção de seus alunos durante o processo de aprendizado. Afinal, o cérebro humano apenas consegue ter foco ininterrupto por 50 minutos. Contudo, a tecnologia educacional pode ajudar.

Os avanços tecnológicos no mercado da educação têm se reinventado todos os dias, trazendo recursos que podem ser do interesse do aluno. Com isso, o estudante se mantém mais engajado e o aprendizado se torna mais divertido e inovador.

Mas como podemos aplicar tecnologias educacionais na sala de aula? Este post vai te explicar tudo!

A importância da tecnologia educacional

As inovações tecnológicas desta nova geração possuem o propósito de facilitar os processos do dia a dia, além de entreter o usuário, prendendo sua atenção com mais facilidade.

Por isso, a tecnologia educacional deve ser vista como uma aliada e não uma inimiga. Entenda os benefícios que podem ser extraídos das tecnologias na sala de aula:

  • Ensino adaptativo: as tecnologias de ensino podem facilitar o processo de identificação do educador das dificuldades de cada estudante. Além disso, viabilizam de forma mais prática a personalização do ensino.
  • Atividades cognitivas: a tecnologia oferece estímulos que podem ajudar a criança e o adolescente a desenvolverem uma série de habilidades cognitivas.
  • Estudantes preparados para o futuro: o mercado de trabalho está cada dia mais competitivo e pequenas habilidades podem ser a diferença entre um candidato ou outro. Um dos mais comuns pré-requisitos é a familiaridade com tecnologias e dispositivos digitais. Assim, quanto mais usar tecnologias alternativas, mais estará ajudando seus alunos para seus desafios do futuro. Você pode conferir também esse post que fala sobre orientação profissional.

Dicas de tecnologias educacionais para a sala de aula

Falar como funcionam as tecnologias educacionais é fácil. Mas como podemos efetivamente aplicá-las no dia a dia dentro das salas de aula?

Veja as dicas abaixo!

Plataformas e tecnologias educacionais online

Muitos institutos de educação se adaptaram à ideia de proporcionar o aprendizado à distância. Assim, recursos e tecnologias por meio da internet foram se desenvolvendo e deram origem às plataformas online de educação.

Para cada tipo de ensino você pode utilizar ferramentas digitais diferentes. Por exemplo, caso você seja um educador do Ensino Médio ou pré-vestibular, usar plataformas como o Stoodi pode ser essencial para envolver os alunos.

O Stoodi possui aulas, exercícios, simulados, provas, correção de redação e muitas alternativas 100% online para prestar apoio a vestibulandos. A tecnologia se aproxima de um cursinho presencial.

As plataformas podem servir de apoio para a construção do conteúdo pedagógico ou mostrar aos alunos como é possível estudar sem sair de casa. Adapte a plataforma online ao seu tipo de ensino. Afinal, existem diversas opções para concursos públicos, pós-graduações e muito mais!

Apostilas digitais

As apostilas digitais são ótimas apostas para quem quer economizar nos custos e tornar a leitura acessível. Podendo ser chamados de E-books, as apostilas são uma maneira de entregar o mesmo conteúdo de um livro por meio do celular ou tablet.

Assim, os alunos podem ler de onde estiverem, economizando financeiramente, já que os E-books costumam ser mais baratos, além de ser ecológico.

Vídeos e pesquisas na web

Uma possível alternativa é envolver os alunos no processo de educação, em que o professor pede para estudantes fazer algo pouco comum: usar o celular.

Durante a aula,  pedir para que os alunos procurem o significado de algum termo ou realizem pesquisas em grupo pode ser interessante. Dessa maneira, os alunos participam ativamente da explicação e ganham autonomia.

O professor pode usar os vídeos para substituir uma lousa cheia de conteúdo para os alunos copiarem. O recurso audiovisual é mais intuitivo para os jovens hoje em dia, uma vez que é a principal forma de consumo utilizada.

Aplicativos

Os aplicativos são uma ótima forma de estimular os alunos a pensarem de maneira rápida, pois permitem testar seus conhecimentos como em um quizz.

Você pode usar aplicativos como Quizlet e o Wondershare, que proporcionam perguntas personalizadas de acordo com o tipo de conteúdo que está sendo transmitido.

Lembre-se de procurar manter um nível de dificuldade que seja comum entre as perguntas e o conhecimento técnico dos alunos, afinal, o importante é fazê-los aceitar o desafio e não sentirem-se menosprezados.

Jogos digitais

O processo de gamificação de diversas plataformas é interessante para proporcionar interesse por parte dos alunos na matéria, mostrando como ela também pode ser interessante se usada da maneira correta.

Sites e aplicativos como o Duolingo podem ser exemplos interessantes. Para isso, procure o que esteja mais adequado com seus métodos de ensino!

Redes sociais de estudo

Quando educadores ouvem a palavra “rede social” já querem fugir, não é mesmo? Mas elas podem ser grandes aliadas para promover o interesse dos alunos quando o assunto é buscar conhecimentos em fontes alternativas.

O Brainly é uma ferramenta de perguntas e respostas de alunos para alunos, em que é possível ganhar pontuações e interagir com outros usuários que possuem o mesmo objetivo: ensinar e aprender.

Mude sua avaliação para uma tecnologia educacional

Os métodos tradicionais são essenciais para identificarmos o nível de aprendizagem de cada aluno. Mas com os recursos tecnológicos é possível expandir esses horizontes, de forma que a avaliação seja mais justa com o aluno.

Diversas instituições já estão aplicando a utilização de tecnologias educacionais para conseguir avaliar melhor o estudante. Dessa forma, há menos pressão e um ambiente menos intimidador.

Assim, a tendência de resultados positivos têm aumentado, uma vez que são colocados em prática os verdadeiros aprendizados, sem muitas interferências que podem dificultar o processo de análise de cada um.

E ai? Gostou das dicas? Então fique por dentro das notícias de tecnologia educacional e teste em sala de aula cada uma delas! Acesse o blog da Stoodi para mais informações!

No items found.
Versão gratuita Árvore Livros

Experimente a versão gratuita da Árvore Livros

Tenha todas as funcionalidades da Árvore Livros em uma versão gratuita com acervo selecionado.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

educadores trabalhando interdisciplinaridade na escola
Educação

Aprenda a trabalhar interdisciplinaridade na escola em 4 passos

Quer saber como trabalhar a interdisciplinaridade na sua escola? Ensinamos neste post com quatro passos!

Continue lendo
aluna estudando em sala de aula
Educação

A importância de acionar conhecimento prévio dos alunos

Você sabe como acionar o conhecimento prévio do seu aluno durante a aula? Sabe a importância desse processo para a aprendizagem? Confira nesta postagem!

Continue lendo