Como implementar os projetos de vida com seus alunos no Novo Ensino Médio. Descubra agora!

Uma das grandes modificações introduzidas pelo Novo Ensino Médio é a mudança na estrutura curricular do segmento. A carga horária mínima aumentou de 2400 para 3000 horas. Desse total, 1800 horas (60%) é destinada para a Formação Geral Básica, parte rígida do currículo composto pelos componentes curriculares tradicionais; e 1200 horas (40%) ficam reservadas para os Itinerários Formativos, parte flexível do currículo onde os alunos escolhem o seu percurso curricular de acordo com seu gosto e desejos. 

Nesse sentido, recomenda-se que os Itinerários Formativos sejam compostos por: aprofundamentos nas Áreas do Conhecimento ou na Formação Técnica e Profissional, as Eletivas e o Projeto de Vida.

Mas, afinal, o que são projetos de vida?

Os projetos de vida são projetos que têm como objetivo ajudar a desenvolver a capacidade do estudante de dar sentido à sua existência, tomar decisões, planejar o futuro e agir no presente com autonomia e responsabilidade. Recomenda-se que seja transformado em componente curricular a ser desenvolvido ao longo das três séries de Ensino Médio.

Na 1º série, sugere-se que o foco seja desenvolvimento do autoconhecimento, até mesmo para permitir que o estudante faça escolhas mais assertivas em relação aos Itinerários Formativos. Na 2º série, recomenda-se que a ênfase recaia sobre a ampliação de repertório e possibilidades para diversificar as opções e expandir os horizontes, nos aspectos pessoais e profissionais dos alunos. Na 3º série, o objetivo é orientar os jovens para que planejem ações presentes e futuras, definindo objetivos e metas para sua vida pessoal, profissional e cidadã.

Todo o percurso deve ser repleto de experiências e vivências que permitam aos estudantes desenvolver competências como autoconfiança, determinação e resiliência, dentre outras.

Como implementar na sua escola?

- Projetos interdisciplinares:

A partir de encontros de disciplinas e atividades em que os professores podem atuar conjuntamente.

Esse movimento pode acontecer por meio de uma integração de habilidades da BNCC ou de conteúdos que se encontram. No momento de concepção do currículo escolar, os professores e gestores educacionais poderão propor esses projetos de intersecção, pensando em atividades engajadoras

- Atividades de culminância:

Propor já no currículo feiras de profissões, seminários temáticos ou congressos sobre assuntos escolhidos colaborativamente pelos estudantes.

Ainda na concepção do currículo,  algumas atividades de socialização e de planejamento do futuro já podem ser parte de alguns resultados (bimestrais, trimestrais, semestrais, anuais etc.). Com essas atividades, os estudantes poderão ter contato com práticas sociais para além do conteúdo das aulas. Estes são momentos onde o Projeto de Vida ganha mais sentido.

- Atividades de imersão:

Estabelecer no currículo escolar momentos de ambientação em ações sociais, ONGs e ou Projetos de impacto da comunidade do entorno escolar. 

Os laboratórios ou sites de notícias que estão ao redor da escola, por exemplo, poderão servir de etapa de prática do que está sendo estudado nas aulas. Esse movimento de sair do espaço da sala de aula e entrar nas ações externas da escola pode ser inspiração para a prática dos estudantes. O Projeto de Vida dos estudantes poderá se beneficiar dessas práticas. 

Esperamos que esse texto seja um apoio para os desafios que a reforma propõe! Mas se você quer se preparar melhor, que tal conhecer nossa formação gratuita? O Novo Ensino Médio Na Prática está disponível de forma gratuita, com direito a certificado, vai te ajudar a lidar com as dúvidas e novidades da reforma. Quer saber mais? Inscreva-se agora!

Esse conteúdo foi produzido por:

Time de especialistas pedagógicos da Árvore

e-book Ensino híbrido

E-book

Ensino híbrido

Aprenda novas habilidades para criação de aulas que realmente funcionam.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

pessoas trabalhando em uma edtech
Educação

O que é edtech e como está revolucionando a educação no Brasil?

Você sabe o que é uma edTech? As empresas de tecnologia educacional estão crescendo e cada vez mais inovando na educação. Confira!

Continuar
menina usa tecnologia em sala de aula
Educação

Qual a importância da tecnologia na educação?

Entenda qual é a importância da tecnologia na educação e de quais formas ela pode ser introduzida no ambiente escolar. Confira o texto preparado pela equipe pedagógica da Árvore.

Continuar