Quer usar o ChatGPT na sua escola em 2024? Baixe nosso guia exclusivo!
Baixe agora!
Blog da Árvore
Gestão Escolar
Coordenação pedagógica: o que é e como atua na escola

Coordenação pedagógica: o que é e como atua na escola

23 ago 2022
4 min
Post modificado em:
29/8/2022

Alguns estudiosos consideram a função de coordenação pedagógica um papel relativamente recente nas escolas. Ela nasceu com o intuito de substituir a função de supervisor pedagógico.

Esse movimento buscou abandonar a ideia de fiscalização do trabalho docente em benefício de potencializar os processos de aprendizagem dos estudantes.

Ao longo dos anos, os cargos de supervisão, coordenação e orientação ganharam novas nuances. Os profissionais destas áreas também adquiriram novas responsabilidades.

O papel da coordenação pedagógica é importante no cotidiano escolar. Neste texto, vamos conhecer as principais atribuições dessa função. Além disso, como o diálogo entre coordenação e gestão pode gerar benefícios para a escola. Vamos lá!

O que é a coordenação pedagógica?

A coordenação pedagógica é uma função essencial dentro de instituições de ensino, seja em escolas, universidades ou outros ambientes educacionais.

Trata-se de um papel desempenhado por um profissional especializado em educação. Esse profissional é responsável por promover a articulação entre os diferentes agentes envolvidos no processo educativo. Esses agentes incluem professores, alunos, pais e gestores.

A coordenação pedagógica tem como objetivo principal contribuir para o desenvolvimento de práticas educativas de qualidade. Seja por meio do acompanhamento e orientação dos professores ou da análise e elaboração de currículos. O coordenador também pode se envolver na avaliação do processo de ensino-aprendizagem e na implementação de estratégias pedagógicas inovadoras.

Além disso, esse profissional também desempenha um papel de mediador de conflitos, facilitador do diálogo e promotor da formação continuada dos educadores.

A coordenação pedagógica é essencial para ligar teoria e prática. Ela busca melhorar a educação e garantir o sucesso dos alunos.

Como deve ser a coordenação pedagógica?

A coordenação pedagógica deve ser observadora e desempenhar diariamente uma escuta atenta, acolhendo professores, famílias e estudantes.

Além disso, deve exercitar uma comunicação assertiva, objetiva e horizontal. O coordenador deve ser capaz de compartilhar, orientar e difundir ideias e, deste modo, mobilizar e estimular boas práticas.

Exercer uma postura crítica e reflexiva é fundamental para mapear os desafios dos pais, alunos e professores.

Qual a diferença entre Coordenação pedagógica e Direção escolar?

É importante ter em mente que o coordenador e o diretor não possuem os mesmos papéis na escola. O ideal é que um complemente a atuação do outro no dia a dia escolar e no processo de ensino e aprendizagem.

A coordenação pedagógica é responsável pelos processos ligados ao ensino e à aprendizagem. Além disso, ela irá trabalhar para a integração do projeto político pedagógico da escola pelo corpo docente e em sala de aula.

Enquanto isso, a direção escolar cuida da gestão administrativa e da gestão financeira das instituições de ensino. Olhando mais para organização, planejamento escolar, retenção de alunos, calendário do ano letivo, etc.

Qual a importância da coordenação pedagógica?

A coordenação pedagógica desempenha um papel de extrema importância no contexto educacional. Ela atua como uma ponte entre os diversos atores envolvidos no processo de ensino e aprendizagem, como professores, alunos, pais e gestores.

Através de sua atuação, a coordenação pedagógica promove a articulação entre teoria e prática, auxiliando na implementação de práticas pedagógicas inovadoras e eficazes.

Além disso, esse profissional tem a responsabilidade de acompanhar e orientar os professores, fornecendo suporte pedagógico, feedback e estimulando o desenvolvimento profissional.

A coordenação pedagógica também desempenha um papel fundamental na avaliação do processo educativo. Ela identifica necessidades, propondo ajustes e buscando soluções para melhorar a qualidade do ensino.

Sua atuação contribui para o desenvolvimento integral dos alunos, promovendo o engajamento, a autonomia e o sucesso educacional.

Portanto, a coordenação pedagógica é essencial para o bom funcionamento das instituições de ensino. É ela quem garante uma educação de qualidade e o progresso contínuo da comunidade escolar.

Qual o papel da coordenação pedagógica?

Abaixo destacamos algumas frentes de atuação de um coordenador pedagógico. Além da importância de cada uma delas para o funcionamento geral de uma escola.

Mediação do currículo escolar

É necessário estar a par dos conteúdos que serão trabalhados. Inspecionar, analisar e acompanhar as competências e habilidades que se pretende mobilizar em cada bimestre.

Essas são práticas que podem corroborar com o currículo e trazer ganhos mais efetivos para os estudantes.

Apoiar os professores

Para que haja inovação na sala de aula, os professores precisam ter um espaço seguro de acolhimento de suas dores, ideias e propostas.

Uma coordenação que apoia os professores está fortalecendo a autonomia docente, sua prática e processo criativo.

Recriação e inovação

Com o olhar sensível e atento para o processo de ensino dentro da sala de aula, que é onde trabalhará em parceria com os educadores, sugerimos que o coordenador pedagógico se mantenha atento às metodologias alternativas e inovadoras que facilitam o engajamento e a aprendizagem.

Diálogo com o corpo discente

Colocar-se de forma aberta e garantir a horizontalidade faz parte do papel da coordenação escolar. Ao criar um ambiente agradável e de confiança, o estudante tende a se sentir parte da comunidade.

Assumindo a perspectiva de agente ativo, o estudante que tem voz no seu processo de aprendizagem. Ele é motivado a criar diálogos e aproximações com a gestão e os professores.

Desse modo, a coordenação pedagógica ganha mais espaço para orientar, mediar e gerir conflitos.

Criar e estimular projetos

Ao estar atenta à aprendizagem dos estudantes, a coordenação pedagógica estará à frente da sugestão e criação de projetos que trabalhem os objetivos pedagógicos do bimestre.

Os projetos escolares são oportunidades para engajar e apoiar os estudantes no seu desenvolvimento de forma fluida, interativa e desafiadora. E assim, trabalhar habilidades e competências de forma alternativa e inovadora.

Escolher a metodologia de ensino

O coordenador pedagógico pode participar da escolha de quais as melhores metodologias de ensino para a aplicação em sala de aula pelos professores.

A escolha das metodologias de aprendizagem devem estar de acordo com o projeto pedagógico da escola e os valores e objetivos da mesma.

Conhecer a comunidade escolar

Ouvir as famílias é uma ação importantíssima para a construção de uma relação saudável entre a família e escola.

O que resulta não apenas em uma boa relação entre a instituição e os responsáveis, mas também na possibilidade de prever a viabilidade das propostas pedagógicas planejadas para o ano letivo.

Oportunizar a formação continuada

Fomentar seminários e palestras com especialistas, compartilhar informações, livros e artigos do campo da educação. Tudo isso é um modo de fazer com que os professores estejam em constante reflexão sobre sua prática e em contínua formação.

Essas são ações que ampliam o repertório de atuação dos professores e podem inspirá-los a recriar e transformar sua didática.

Quais são os benefícios do alinhamento entre gestão e coordenação pedagógica?

Além de um catalisador de mudanças, a coordenação pedagógica ocupa um lugar estratégico na gestão da escola.

Principalmente porque é o(a) coordenador(a) que vai estar diretamente em contato com os docentes, familiares e estudantes.

A atuação multilateral permite que dores, problemas e desafios sejam identificados e acompanhados, possibilitando à gestão a tomada de decisões coerentes e qualificadas.

É a coordenação pedagógica que elabora e acompanha dados relevantes sobre o desenvolvimento dos estudantes e desempenho dos docentes.

Esse olhar pode trazer subsídios para transformações mais estruturais, que potencializam a qualidade do ensino e, consequentemente, a forma como a escola é vista pelas famílias.

Um agente dedicado a acompanhar mais de perto a melhoria dos processos pedagógicos, as metodologias aplicadas, a formação dos professores, as dificuldades dos alunos e as dores das famílias tende a oportunizar o processo de inovação e crescimento da instituição.


Gestor escolar, esperamos que nosso texto tenha te ajudado a entender melhor o papel desse parceiro tão importante para a sua escola.

Que tal aproveitar o segundo semestre para estreitar a parceria com o seu coordenador ou coordenadora? Comece com a leitura do nosso artigo Segundo semestre escolar: 11 dicas para gestão.

Baixe o Guia Definitivo da Gestão Escolar!

Tenha acesso a dicas, materiais e conteúdos práticos para tornar o dia a dia da gestão escolar mais simplificado. É gratuito!

Preencha o formulário ao lado e receba o material no seu e-mail.

Formulário enviado com sucesso!
Erro! Por favor, tente novamente.

Você pode gostar também

Gestão Escolar

8 fatores que os responsáveis esperam da escola

O que os responsáveis esperam da escola? Confira a resposta neste post exclusivo!

Continuar
Gestão Escolar

A comunicação com os pais interfere no desempenho escolar?

Afinal, a comunicação com os pais interfere no desempenho escolar? Neste artigo damos algumas sugestões práticas de estreitar o vínculo familiar.

Continuar