Blog da Árvore
Leitura
Semana de Arte Moderna: livros para sala de aula

Semana de Arte Moderna: livros para sala de aula

7 fev 2022
5 min
Post modificado em:

A Semana de Arte Moderna de 1922 completa 100 anos nas próximas semanas. O evento, que reuniu manifestações artísticas como poesias, esculturas e palestras, inaugurou o movimento modernista brasileiro e é um marco na história do Brasil.

O que foi a Semana de Arte Moderna de 1922?

A Semana de Arte Moderna de 22 aconteceu no Teatro Municipal de São Paulo, entre os dias 13 e 17 de fevereiro de 1922.

Durante a semana, cada dia representou um viés cultural: pintura, escultura, poesia, literatura e música. O evento, que se tornou uma referência da produção artística e cultural do século 20, marcou o início do modernismo no Brasil.

E o que representa o modernismo?

Junto ao movimento modernista aconteceu uma verdadeira revolução nas artes e literatura. Houve a renovação da linguagem, muita experimentação e uma liberdade criadora que rompeu com movimentos anteriores.

O evento da Semana de Arte Moderna ficou marcado por apresentar novas ideias e conceitos artísticos, como a poesia através da declamação, a música por meio de concertos e a arte plástica exibida em telas.

A importância da literatura na Semana de Arte Moderna

Um dos principais focos da ruptura com a ordem estética da época era no campo da literatura, especialmente da poesia. Naquele período, os artistas do Brasil estavam entrando em contato com o futurismo italiano e toda produção modernista da Europa.

Na movimentação da Semana de Arte Moderna de 1922, temos grandes escritores brasileiros como os princiais nomes do movimento. Entre eles: Oswald de Andrade, Manuel Bandeira e Mário de Andrade.

O movimento inagurou ainda novas formas de literatura e escrita. A produção literária rompeu com os padrões da época e trouxe novos estilos, com maior liberadade de texto e experimentação.

Dicas de leitura sobre a Semana de 1922:

Confira 7 livros para trabalhar a semana de 1922 e seus expoentes na sala de aula, de acordo com o segmento escolar:

Anos Iniciais (1º a 5º ano)

1 - Cecília Meireles - Autora: Carla Caruso

Cecília Meireles foi uma das grandes poetas da arte moderna brasileira. Com sensibilidade e ilustrações delicadas, o livro mostra ao leitor como era Cecília quando criança, e depois, quando mais velha. Uma garota inteligente, que gostava de música, histórias e, claro, de poemas. 

2 - Villa-Lobos - Autora: Nereide S. Santa Rosa

Neste livro, a infância de Villa-Lobos é descrita como uma uma deliciosa experiência de sensações em relação à música, pois, desde muito pequeno, este mestre do Modernismo no Brasil sentia intensamente a música e encontrava nela a oportunidade de expressar tudo aquilo que via e vivia.

Anos Finais (6º a 8ºano)

3 - Um dia para não esquecer - Autora: Patrícia Engel Secco

A divertida história, que tem Tarsilinha ainda adolescente como um dos personagens, se passa em um museu de arte moderna, onde inesquecíveis encontros estão prestes a acontecer. O texto, leve e animado, é baseado na vida e obra de Tarsila do Amaral, uma das mais importantes pintoras brasileiras e ícone do modernismo brasileiro. 

4 - Portinari - Autora: Nadine Trzmielina

Este livro apresenta a história de Cândido Portinari com imagens das obras realizadas ao longo de sua vida. Ainda criança, Candinho já demonstrava sua vocação rabiscando o chão de terra. Portinari é considerado um gênio da arte moderna brasileira. 

Ensino Médio

5 - A Hora da Estrela - Autora: Clarice Lispector

Considerada uma das obras mais importantes da 3º fase do modernismo, neste livro acompanhamos Macabéa, migrante nordestina que se muda para o Rio de Janeiro para ocupar a vaga de datilógrafa. Assim como as outras obras de Clarice, o livro pode promover debates interessantes na sala de aula. 

6 - Macunaíma em quadrinhos - Autor: Mário de Andrade

Macunaíma é um dos romances mais importantes da literatura modernista brasileira. A proposta desta obra, no entanto, é apresentar o texto de Mário de Andrade com o auxílio de quadrinhos, promovendo uma nova experiência de leitura.

7 - Paulicéia Desvairada - Autor: Mário de Andrade

Primeira obra modernista brasileira, Paulicéia Desvairada é uma excelente obra para introduzir a estética modernista e também debater a cidade que tanto o encantou e que sediou a semana de arte moderna de 1922. 


No items found.
Trilha de Leituras

Material gratuito

Trilha de Leituras Árvore

Garanta o desenvolvimento da leitura na sua escola no ensino híbrido ou presencial.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

Leitura

Por que a leitura é importante? Confira 8 argumentos!

Já parou pra pensar porque ler é importante? Não? Vamos trazer argumento para que você perceba os impactos da leitura e invista cada vez mais na sua escola.

Continuar
Leitura

3 atividades de leitura em grupo para sala de aula

Que tal promover algumas atividades de leitura em grupo na sua escola? Confira algumas dicas nesta postagem! Com elas, você vai promover a leitura com seus alunos.

Continuar
Leitura

Falta de leitura pode prejudicar em provas e vestibulares

A falta de leitura pode prejudicar o desempenho de provas e vestibulares além de sua comunicação verbal e escrita

Continuar