Oswald de Andrade: saiba mais sobre o autor e porque trabalhá-lo em sala de aula

4 jan 2022
3 min

Em 11 de janeiro de 1890 nascia em São Paulo o escritor Oswald de Andrade. Um dos pioneiros do movimento modernista no Brasil, sua obra é considerada uma das mais importantes da literatura brasileira. 

Neste post, falamos um pouco mais sobre o autor, seus principais livros e, por fim, mostramos porque é importante trabalhar sua obra em sala de aula. 

Quem foi Oswald de Andrade?

Poeta, escritor, jornalista, ensaísta e dramaturgo. Oswald de Andrade foi uma figura importante no surgimento do movimento modernista no Brasil no início do século XX, ao lado de nomes como Tarsila do Amaral e Mário de Andrade. 

Nascido no dia 11 de janeiro de 1890 em São Paulo, o escritor começou sua carreira como jornalista. Desde cedo, realizava viagens para a Europa, onde entra em contato com a vanguarda da literatura e da pintura local, trazendo para o Brasil o olhar modernista da época. 

Uma das principais contribuições para o modernismo no Brasil está no Movimento Antropófago, que traz na literatura e na pintura reflexões nacionalistas e revolucionárias.

Além de seus poemas e livros, considerados clássicos da literatura, Oswald de Andrade também realizou diversas peças teatrais, nas quais retratava a realidade brasileira e trazia críticas ao comportamento da sociedade daquele tempo.

Principais obras de Oswald de Andrade

Como falamos acima, Oswald de Andrade produziu diferentes tipos de obras, desde romances, poesias a peças teatrais. Abaixo, trazemos alguns exemplos:

Memórias Sentimentais de João Miramar

Neste romance de 1924, Oswald de Andrade mistura diferentes estilos de linguagem, como poemas, citações, diálogos, etc. Na obra, ele relata a vida de João Miramar, a caricatura de um homem rico de São Paulo do início do século XX.

Pau-Brasil

O livro de estreia de Oswald de Andrade na poesia foi Pau-Brasil, publicado em 1925 pela editora parisiense Au Sans Pareil. Os poemas já trazem novos formatos daqueles que havia na literatura nacional da época, com características futuristas e modernistas. O livro conta ainda com ilustrações da pintora Tarsila do Amaral.

Manifesto Antropófago

É claro que um dos manifestos mais importantes da era modernista não pode ficar de fora desta lista. Publicado em 1928, o Manifesto Antropófago tinha caráter nacionalista e o objetivo de repensar a dependência cultural brasileira. Ele foi publicado na primeira edição da Revista de Antropofagia.

O Rei da Vela

Para completar, indicamos a leitura de uma das peças teatrais do autor. O Rei da Vela, publicada em 1937, traz como contexto a crise econômica de 1929 e o desenvolvimento industrial do Brasil na época. A primeira montagem da peça aconteceu somente em 1967 e foi realizada pelo Teatro Oficina de São Paulo, sob a direção de José Celso Martinez Corrêa.

Por que trabalhar a obra de Oswald de Andrade em sala de aula?

Que tal trabalhar o autor e sua obra em sala de aula? Abaixo, trazemos alguns motivos pelos quais alunos e professores devem abordar Oswald de Andrade durante seus encontros.

Modernismo e Semana de Arte Moderna

Ao lado de Mário de Andrade, Anita Malfatti, Menotti del Picchia e Tarsila do Amaral, Oswald de Andrade formou o chamado Grupo dos Cinco, responsável pela Semana de Arte Moderna de 1922, um dos marcos do início do movimento modernista no Brasil.

Assim, trazer o autor e sua obra para sala de aula possibilita trabalhar o período modernista, suas implicações na linguagem, nas artes e na cultura brasileira. Portanto, o trabalho pode ser feito de forma interdisciplinar, abordando até mesmo disciplinas como História e Geografia para abordar o contexto histórico e social do período.

Diferentes gêneros literários

Foram manifestos, poemas, peças de teatro e romances escritos por Oswald de Andrade. Os textos do autor permitem que se trabalhe diferentes gêneros literários e formatos, com exemplos ricos e cheios de significações.

Literatura experimental e brasileira

O movimento literário modernista se caracteriza por duas grandes vertentes: o caráter nacionalista presente nos textos e a escrita experimental. Portanto, trabalhar com a obra de Oswald de Andrade permite acompanhar o contexto histórico da época, trazendo diferentes exemplos e cenários de como era o Brasil no início do século XX.

Além disso, é possível mostrar aos alunos como a literatura pode ser inventiva e revolucionária, destacando as principais rupturas e experimentações que Oswald de Andrade traz em sua obra e que se diferenciam do que era produzido até então.

Humor e sátira

Por fim, o autor também trabalha bastante o humor, a ironia e a sátira em suas obras, seja para realizar uma crítica à sociedade da época ou para reforçar estereótipos. Com isso, o trabalho com a sua obra permite trabalhar esses formatos de escrita em sala de aula.

No items found.
download gratuito do ebook literatura infantil

E-book

Literatura Infantil

Como a literatura infantil pode multiplicar leitores na sua escola? Baixe nosso material gratuito e descubra.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

criança lê na escola
Leitura

Leitura na escola: como ela ajuda no desenvolvimento do aluno?

Neste texto, você entenderá de que forma a leitura ajuda no desenvolvimento do aluno e também conferir dicas para estimular a leitura em sala de aula. Confira.

Continuar
livro digital
Leitura

Vantagens do Livro Digital: 8 motivos para você pensar nessa ideia

Você sabe quais as vantagens de aderir aos livros digitais? Neste post, contamos para você porque a leitura digital veio para ficar!

Continuar
aluno assistindo filme
Leitura

Confira 7 filmes que mostram a importância da leitura. Imperdível!

Nesta lista, a gente traz sete filmes que mostram a importância que a leitura tem em nossas vidas. Conteúdo que pode ser trabalhado com seus alunos em sala de aula!

Continuar