Confira as principais dúvidas sobre a implementação da BNCC na sala de aula!

29 nov 2021
3 min

A Base Nacional Comum Curricular, BNCC, determina as competências e aprendizagens essenciais que todos os estudantes brasileiros devem desenvolver durante a educação básica. Está prevista em lei por meio de documento técnico e se tornou referência obrigatória para currículos de escolas públicas e particulares.

Considerado um documento relativamente novo, ainda existem muitas dúvidas quanto à sua utilização. Separamos as principais dúvidas sobre implementação da BNCC nas salas de aula, confira no post:

1 - A partir de que momento a BNCC entrou em vigor? 

Segundo a Resolução CNE/CP nº 2, de 22 de dezembro de 2017, para os anos iniciais e ensino fundamental, a base começou a ser implementada oficialmente em 2020. Ao longo dos anos de 2018 e 2019, as redes públicas de ensino se preparam realizando realinhamento de currículos e formação de professores.

Entretanto, para o Ensino Médio, cuja resolução foi aprovada em 2018, a previsão que era para o ano 2021 foi adiada, dessa forma o Novo Ensino Médio só entrará em vigor em 2022, segundo a resolução.

2 - Como acontecerá a implementação? 

A implementação será composta por 5 frentes: Re(elaboração) dos currículos e dos projetos pedagógicos, formação inicial e continuada de professores, revisão dos materiais didáticos e avaliações externas. Assim, a ideia é que toda a base da aprendizagem seja revista e alinhada às competências e habilidades previstas para os estudantes de cada nível escolar. 

Ainda, as redes estadual e municipal de ensino contam com o apoio do programa “Pró-BNCC” criado pelo MEC com equipes que apoiarão o processo de implementação da BNCC. 

3 - Qual é a diferença entre BNCC e currículo?

Ao contrário do que muitos pensam, a BNCC não é a mesma coisa que currículo, mas sim um ponto de partida para que todos os currículos escolares sejam revistos e adaptados para o desenvolvimento completo dos estudantes. Ou seja, a BNCC define o conjunto de habilidades e competências que deverão ser desenvolvidas e a comunidade escolar deverá construir seus currículos com base nesses critérios.

Assim, a BNCC aponta apenas os conteúdos essenciais enquanto os currículos apresentaram de que forma estes conteúdos serão apresentados, qual será a metodologia aplicada, etc. 

4 - Como aplicar a BNCC na educação infantil?

Nos últimos anos, a ideia de que na educação infantil o aprender e o cuidar estão cada vez mais próximo vem se fortalecendo. Assim, faz-se necessário acolher as vivências e conhecimentos de todas as crianças, construindo um ambiente educativo afetuoso e propício para o crescimento. 

Conforme as DCNEI, em seu Artigo 9º, os eixos estruturantes das práticas pedagógicas durante educação infantil são: interações e brincadeiras. Desta forma, devem ser proporcionadas experiências onde competências como: empatia, conhecimento, pensamento criativo, etc são introduzidas de forma natural e orgânica. Além disso, a diversidade também deve ser assegurada, é essencial que se busque introduzir atividades que introduzam diferentes cenários e situações. 

Assim, a leitura pode ser uma excelente ferramenta para trabalhar as competências com os pequenos. Por meio da leitura compartilhada de um livro, por exemplo, os estudantes podem entrar em contato com uma realidade diferente, gerando dúvidas e conversas que auxiliaram no desenvolvimento do pensamento crítico.

Também podem ser realizadas brincadeiras relacionadas às histórias ali vistas, trabalhando trabalho em equipe, cooperação, entre outras competências. Você pode conferir outras sugestões de atividades neste post aqui.

No items found.
Trilha de Leituras

Material gratuito

Trilha de Leituras Árvore

Garanta o desenvolvimento da leitura na sua escola no ensino híbrido ou presencial.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

game Assassin's Creed
Educação

Games e educação sob a perspectiva da neurociência

Confira o que a neurocientista Carla Tieppo traz sobre o tema dos games na educação.

Continuar
alunos em sala de aula
Educação

Como a escola ajuda o aluno a desenvolver habilidades cognitivas e socioemocionais?

Neste post, você entenderá o papel da escola no desenvolvimento de habilidades cognitivas e socioemocionais, quais habilidades devem ser trabalhadas e como a tecnologia pode colaborar.

Continuar
alunos usando tecnologia educacional
Educação

Como a tecnologia educacional pode ajudar na sala de aula?

Você sabe os benefícios que a tecnologia educacional pode trazer para sua escola? Neste post, te contamos como!

Continuar