Checklist da escola segura: como a gestão promove saúde mental
Baixe agora!
Blog da Árvore
Gestão Escolar
Formação de gestores escolares: quais os caminhos?

Formação de gestores escolares: quais os caminhos?

7 dez 2022
5 min
Post modificado em:
7/12/2022

O papel da gestão escolar é fundamental para o bom funcionamento da instituição, porém, os caminhos trilhados pelo profissional da área podem variar bastante.

No texto de hoje vamos abordar a formação de gestores escolares, apresentando as principais demandas de atuação e possibilidades para uma atuação de excelência.  

Qual o papel do gestor escolar?

Você já deve ter lido por aqui no nosso blog sobre os tipos de gestão escolar, certo? Mas independente de qual gestão sua escola aplica, é necessário fomentar a formação desses profissionais para exercerem seus papéis com excelência.

Afinal, o gestor escolar é aquele que gerencia e acompanha todas as atividades da escola, visando garantir o desenvolvimento integral dos estudantes. Ou seja, atua na administração de todas as engrenagens da instituição: alunos, famílias, corpo docente, time administrativo, financeiro, jurídico, entre outros.

Para isso, a formação de gestores escolares tem sido cada vez mais discutida, no sentido de melhorar a performance desses profissionais que envolve responsabilidades diversas.

O que é formação de gestores?

Para ser um gestor escolar, o profissional precisa de uma formação em Pedagogia. Porém, existe uma concessão em algumas instituições para graduações em outras áreas que tenham licenciatura. Esse requisito visa conectar o papel do gestor a uma experiência mínima em docência.

Por outro lado, sabe-se que existe um abismo imenso entre a formação acadêmica e a prática dos educadores. Muitos saem dos cursos de graduação sem muita ideia do que vão encontrar pela frente, seja lecionando, seja na administração de uma escola.

Por isso, a formação continuada é o que vai garantir que o gestor tenha acesso aos conhecimentos básicos que seu papel exige. Os cursos vão servir para a formação de gestores tanto no sentido de prepará-los antes de assumir o cargo, quanto na atualização das suas práticas.

Dessa forma, a formação de gestores começa na graduação, passa pelas experiências obtidas durante sua atuação no mercado de trabalho, e é enriquecida com os cursos de pós-graduação e formação continuada que forem sendo escolhidos por esse profissional.

Por que a formação do gestor escolar é importante?

Como foi dito anteriormente, a formação do gestor escolar é o que vai dar embasamento para seu papel de liderança, frente aos desafios de gerir uma escola. Segundo dados do Censo Escolar 2021, apenas um em cada dez profissionais tem curso de formação continuada em gestão escolar.

Como, na grande maioria dos casos, o profissional não vai sair de um curso de graduação pronto para lidar com todas as responsabilidades desta função, é essencial que ele invista na sua formação continuada a fim de estar preparado para suas atribuições.

Uma gestão de excelência sabe identificar as demandas dos estudantes, dos docentes e das famílias. Sabe lidar com as questões financeiras, sabe dialogar, ouvir, acolher e tomar iniciativas de forma assertiva. Sabe planejar, acompanhar, analisar dados e decidir pelo melhor para os estudantes. Sabe propor, negociar e recalcular rotas.

Todo esse conhecimento precisa ser construído e, por isso, a formação é indispensável.

Como formar gestores?

Para além da formação básica em Pedagogia ou outra licenciatura, o profissional precisa investir em cursos que vão desde os mais amplos, sobre gestão escolar propriamente dita, até os mais específicos, entendendo quais são seus maiores desafios.

São muitas as instituições que oferecem cursos de formação para gestores e que vão ampliar o repertório do profissional que atua ou está se formando para atuar nessa área. É possível escolher uma pós-graduação em Gestão Educacional, ou cursos complementares.

Independente do caminho escolhido, é imprescindível que o profissional verifique a credibilidade da instituição e se aquele curso é reconhecido pelo MEC. Listamos algumas dicas abaixo:

O curso visa ajudar o profissional a compreender a dinâmica das atividades que envolvem a sua atuação. Para que, assim, o gestor escolar possa definir as melhores estratégias de atendimento aos estudantes, bem como fortalecer sua liderança frente às equipes responsáveis pelos diferentes setores da instituição.

O Programa Nacional Escola de Gestores da Educação Básica Pública faz parte das ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) e surgiu da necessidade de se construir processos de gestão escolar compatíveis com a proposta e a concepção da qualidade social da educação.

O curso promete apoiar o gestor a aprimorar suas práticas de gestão de bens e serviços, contribuindo para a construção de um ambiente favorável ao processo de ensino-aprendizagem e atendendo aos princípios da legalidade, economicidade e eficiência. O objetivo é que o gestor se instrumentalize para o desempenho da sua função através da aquisição de novos conhecimentos.

O curso visa apresentar os fundamentos da negociação e do processo decisório como prática fundamental para a efetividade da gestão escolar.

Além dos cursos, os gestores também devem buscar participar de eventos sobre educação e outras comunidades de trocas que vão ampliar os diálogos sobre seus papéis. Abaixo listamos algumas dicas dessa esfera de formação:

  • Clube dos diretores: é uma comunidade virtual focada em gestão. A plataforma da Melhor Escola une gestores, mantenedores e coordenadores para trocar experiências sobre educação e o mercado educacional.
  • Escolas Exponenciais: é uma instituição independente que nasceu com o compromisso de apoiar o mercado das escolas particulares brasileiras. Fomentam a criação de uma comunidade que conecta os gestores escolares de todo Brasil.
  • Fórum de Gestores - Bett Brasil: o Fórum de Gestores traz à tona questões de caráter estratégico na educação brasileira, incluindo aspectos políticos, econômico-financeiros e a transformação digital das instituições dos seus modelos de formação e da adaptação do ensino e aprendizagem ao mundo de hoje e do futuro.

Leia também: Gestão democrática na escola: 5 dicas de como aplicar

O que um gestor precisa saber?

Os parâmetros para a atuação de um gestor estão definidos na Matriz Nacional Comum de Competências do Diretor Escolar, elaborada pelo MEC. Destacamos aqui alguns pontos do documento para orientar nas escolhas dos caminhos para a formação de gestores:

  • Apoiar, avaliar e possibilitar o desenvolvimento do trabalho docente: esse aspecto envolve avaliação e monitoramento do trabalho dos professores, além de um investimento na formação continuada e atualizada do corpo docente e na cultura colaborativa da equipe.
  • Definir metas, avaliações e responsabilidades: habilidades de planejamento do ano letivo, com tomadas de decisão baseadas em dados robustos, buscando sempre beneficiar a formação integral dos estudantes.
  • Gestão estratégica dos recursos: uso consciente e estratégico de recursos humanos e financeiros, alinhados aos propósitos pedagógicos.
  • Sistema de Liderança: é o papel da gestão para além dos muros da escola, que sabe dialogar com toda a comunidade escolar. Além de ser ativa na busca por oportunidades de trocas com outras instituições visando crescimento de ambas.

Qual o maior desafio de um gestor escolar?

Cada gestor, em sua atuação, e com as especificidades de sua instituição, vai enfrentar um desafio diferente. Alguns gestores vão ter mais dificuldades com a questão financeira, outros com a mediação da participação das famílias, e por aí vai.

Dessa forma, o maior desafio é o gestor estar atento aos diferentes atores envolvidos no dia a dia da escola, e saber identificar as questões que mais demandam sua energia. Assim, ele consegue buscar desenvolvimento nesse aspecto, procurar soluções e discussões que ampliem sua visão sobre o tema.

A escola é um organismo vivo e o gestor tem em suas mãos as responsabilidades que influenciam a formação intelectual e socioemocional dos estudantes. Investir tempo de formação para conseguir equilibrar todas as questões que se conectam nesse processo é o pilar de uma educação integral.


Gestor, gostou das nossas dicas sobre formação de gestores? Leia também nosso texto sobre o uso da tecnologia da gestão escolar que pode facilitar seu trabalho e possibilitar mais tempo de trocas e formação. Até a próxima!

Baixe o Guia Definitivo da Gestão Escolar!

Tenha acesso a dicas, materiais e conteúdos práticos para tornar o dia a dia da gestão escolar mais simplificado. É gratuito!

Preencha o formulário ao lado e receba o material no seu e-mail.

Formulário enviado com sucesso!
Erro! Por favor, tente novamente.

Você pode gostar também

Gestão Escolar

8 dicas para preparar sua equipe pedagógica

Neste post, reunimos dicas dos nossos especialistas sobre como preparar a equipe pedagógica do seu colégio. Confira!

Continuar
Gestão Escolar

7 ideias para criar uma sala de aula interativa

Uma sala de aula interativa permite desenvolver a consciência crítica dos alunos e requer comprometimento do gestor escolar e da equipe pedagógica. Saiba mais.

Continuar