O que é Censo Escolar? Saiba tudo sobre o diagnóstico da educação brasileira!

O Censo Escolar é o principal instrumento de coleta de dados da educação básica brasileira, nas redes públicas e privadas, em todas as suas esferas. Sendo assim, o processo de coleta de dados envolve muitos atores, principalmente escolas e secretarias municipais e estaduais de educação.

Os resultados obtidos pelo Censo Escolar são essenciais para o planejamento de políticas públicas educacionais em todo o território nacional. Neste texto, vamos definir um pouco melhor a função de cada ator neste projeto e entender sua importância para o sistema educacional brasileiro.

Sumário

  • O que é o Censo Escolar?
  • Quem participa do Censo Escolar?
  • Quais dados são coletados pelo pelo Censo escolar?
  • O papel do Censo Escolar na promoção de políticas públicas
  • Planejamento no Censo Escolar

O que é o Censo Escolar?

O Censo é um projeto estatístico com objetivo de estudar as características gerais de uma população a partir de um recorte espacial. Logo, ele é um levantamento realizado nas escolas básicas de todo o país, com o objetivo de conhecê-las.

Através dele são obtidos dados sobre os alunos matriculados, professores e estrutura das escolas brasileiras. Atualmente, os dados são coletados e disponibilizados anualmente. Desta forma, é possível acompanhar a evolução do número de matrículas e das condições das escolas brasileiras.

Quem participa do Censo Escolar?

Como o objetivo do Censo Escolar é criar um panorama da educação básica para subsidiar políticas públicas, ele tem como alvo a educação regular, a educação especial, o EJA (Educação de Jovens e Adultos) e a educação profissional (cursos técnicos, de formação continuada e de qualificação profissional).

As unidades escolares fornecem os dados através do sistema Educacenso, sob supervisão das secretarias municipais e estaduais de educação. Portanto, é papel delas treinar e auxiliar gestores das unidades escolares no processo de preenchimento.

Leia também: A importância da avaliação qualitativa no cotidiano escolar

Quais dados são coletados?

O Censo Escolar não é restrito aos dados dos estudantes. Afinal, ele busca mapear a comunidade escolar como um todo. Por isso, se divide em duas frentes: matrícula inicial e situação do aluno.

A matrícula inicial corresponde à primeira etapa de coleta. Nesse momento, dados sobre a gestão escolar, turmas, alunos e profissionais em sala de aula entram para o relatório. Assim, é sempre importante ressaltar que escolas públicas e privadas preenchem o Censo.

Já a segunda fase se refere à situação do aluno e seu rendimento escolar. Nesta etapa, compara-se as informações com a situação inicial da matrícula do aluno. Assim, ao final do ano letivo, a situação do aluno é definida como aprovado (a) ou reprovado(a). Além disso, as movimentações dos estudantes, como transferências, abandonos ou falecimentos, também entram para a conta.

O papel do Censo Escolar na promoção de políticas públicas

Sabemos que o momento de preenchimento do Censo Escolar é trabalhoso. Muitos profissionais se envolvem em todas as etapas, já que a quantidade e o detalhamento dos dados é enorme. Contudo, todo esse esforço é essencial para o planejamento da educação básica no país.

Como a distribuição de recursos do Ministério da Educação para as secretarias estaduais e municipais é feito com base no número de matrículas nas redes locais, o Censo Escolar ganha papel central nas políticas públicas de educação.

Ademais, para além da distribuição de recursos, o censo também é importante para detectar os gargalos da educação nacional. Através dele, é possível pensar em quais estratégias são necessárias para resolver problemas como letramento e defasagem idade-série.

Outra contribuição importante é a identificação de desigualdades regionais em relação aos quadros da educação. Além disso, ele permite o acompanhamento das políticas públicas implementadas, tornando-as mais eficientes e eficazes.

Leia também: Entenda a importância do relatório de leitura e como fazê-lo

Planejamento na hora de coletar os dados

A melhoria no nível da educação básica brasileira ainda é um desafio. Para enfrentá-lo precisamos, primeiramente, de planejamento. Assim sendo, o Censo Escolar é um aliado potente nesse desafio. Por isso, conhecer as características da educação básica e as desigualdades regionais no acesso à educação são essenciais para construção de políticas públicas com maior potencial de impacto.

Logo, apesar da dificuldade de preenchimento, fornecer informações completas é essencial para que este projeto tenha impacto. Por fim, planeje com seu time as etapas de participação e não deixe para o último minuto. Afinal, juntas e juntos podemos colaborar para a transformação da educação brasileira.

Esse conteúdo foi produzido por:

Time de especialistas pedagógicos da Árvore

Trilha de Leituras

Material gratuito

Trilha de Leituras Árvore

Garanta o desenvolvimento da leitura na sua escola durante o ensino híbrido e remoto.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

alunos usando tecnologia educacional
Educação

Como a tecnologia educacional pode ajudar na sala de aula?

Você sabe os benefícios que a tecnologia educacional pode trazer para sua escola? Neste post, te contamos como!

Continue lendo
educadores trabalhando interdisciplinaridade na escola
Educação

Aprenda a trabalhar interdisciplinaridade na escola em 4 passos

Quer saber como trabalhar a interdisciplinaridade na sua escola? Ensinamos neste post com quatro passos!

Continue lendo