Leitura no ensino médio: confira história de sucesso com a Árvore

11 maio 2022
2 min

A leitura no ensino médio pode ser um dos desafios que a escola enfrenta nesse segmento. Captar a atenção dos alunos, envolvidos em um contexto altamente digital e estimulante, pode não ser a tarefa mais fácil para os educadores.

Mas e se a tecnologia servir exatamente de aliada para esse processo? É isso o que conta a gestora escolar Andrea, do Colégio Montessori (Cruz das Almas - BA). Nesta entrevista, Andrea conta como é trabalhar a leitura no Ensino Médio com o apoio de uma plataforma digital, a Árvore Livros. Confira!

Como tem sido trabalhar a leitura no Ensino Médio?

Desafiador, porque engajar os alunos para a leitura é algo que demanda muito incentivo e mobilização. Isso considerando que nossos alunos gastam tempo de tela nas redes sociais de modo geral e se dispersam muito. 

Dispersam da leitura porque não conseguem um tempo de concentração suficiente para que isso promova neles um estímulo. E quando a gente inicia uma leitura precisamos de um tempo de concentração bastante significativo e consistente. Cada vez mais, percebemos que o nível de concentração e paciência para leitura diminuiu, exatamente porque tudo ao redor é muito imediato.

Ao mesmo tempo, ser desafiado para algo tão importante é instigante para a escola. Porque entendemos o valor da leitura e promovemos uma série de ações para que o aluno se engaje e saiba o quanto ela é importante. 

Os alunos sabem a importância da leitura, mas acabam menosprezando essa fonte maravilhosa de conhecimento, entretenimento, diversão e formação do repertório cultural, além de auxiliar na formação do senso crítico. Entender como contextualizar as situações é de extrema necessidade. Quando os alunos conseguem de fato se envolver com a prática leitora vão levar isso para a vida inteira.

Como a Árvore tem ajudado nesse processo e especificamente nesse segmento escolar?

A Árvore tem sido uma ferramenta extraordinária para nós. Eu falei de como os alunos estão muito ligados às redes sociais e são nativos digitais. Ter a leitura na palma da mão é algo que facilita bastante o interesse deles.

Eu entendo (e vivo na prática) o quanto os projetos e concursos que a Árvore disponibiliza são importantíssimos, pois trazem uma nova leitura de temas importantes e que precisam ser debatidos, a partir das obras indicadas. Além disso, os concursos envolvem os professores, porque são bem elaborados e possuem profundidade crítica. 

A Árvore não é somente uma plataforma de leitura digital, mas também uma plataforma de engajamento pedagógico no que tange à capacidade de leitura. Eu sou fã da Árvore e ela tem ajudado bastante.

Hoje, com a plataforma e os dados que ela disponibiliza, a gente tem a percepção de que nossos alunos são sim leitores. Eles não leem mais somente os resumos das obras, mas se engajam, realizam as leituras, participam dos concursos e fazem atividades pela plataforma. A Árvore é uma plataforma que traz esse engajamento.

E quais os principais desafios em engajar os alunos na leitura no Ensino Médio?

Eu creio que são os distratores, tudo aquilo que distrai esse aluno. Eles precisam de concentração e atenção para que possam fazer uma leitura consistente e importante. Mas o nível de concentração vai diminuindo com as dispersões. E a atenção é importante para que o aluno faça o mergulho na leitura.

No momento em que o aluno entende o quanto a obra fala muito para ele, toca seus sentimentos e traz uma relação com seu cotidiano, acontece a transformação, o interesse e a descoberta pelo prazer da leitura. 

Por isso que os distratores são o desafios, porque tudo ao redor pode ser muito interessante, principalmente aquilo que já vem pronto para o aluno. Vou dar um exemplo bem clichê: estamos na época do TikTok, em que todos os conteúdos são rápidos e dinâmicos. Isso acostuma nosso cérebro a esse formato de conteúdo. Para a leitura, é preciso tempo e concentração para digerir e entender tudo aquilo que ela traz.

Outro desafio é o quanto a oferta de livros na escola precisa ser diversificada, com livros que despertem o interesse dos alunos. A leitura precisa estar bem alinhada ao universo que os alunos vivem, trazendo questões sociais, emocionais e familiares. A abordagem leitora precisa dialogar com os jovens e os alunos precisam se sentir representados.

Por fim, qual a importância de trabalhar a leitura no Ensino Médio?

O nosso aluno de Ensino Médio precisa entender que faz parte do seu contexto e não pode se sentir um peixe fora d’água. Ele precisa se sentir protagonista, ter autonomia e saber pensar, refletir, problematizar e procurar as respostas. E ele só pode fazer isso quando tem repertório e informações colhidas ao longo do tempo. Assim, ele consegue buscar soluções para as questões que o cercam.

A leitura desenvolve essa prática para a reflexão. Através de uma obra literária, o aluno vai refletir sobre o tema e ressignificar pensamentos. É preciso que o aluno entenda que a leitura vai ampliar o seu repertório sociocultural, econômico e político. 

Além disso, a leitura também serve para se emocionar, se entreter, amar, se sensibilizar e encontrar esperanças no mundo a partir das obras lidas. Sair do senso comum, estimular o senso crítico e tirar as próprias conclusões a partir das viagens realizadas com a leitura. O aluno precisa se sentir fazendo parte do que é lido e dialogar com a obra. 

Aquilo que envolve a emoção, fundamental para o dia a dia do aluno, é algo que fortalece a aprendizagem. É algo que marca o coração e traz sentimentos, fazndo o processo de assimilação muito mais eficaz.

No items found.
Quero na Minha Escola

Leve a Árvore para sua escola!

Com inovação e leitura, você ajuda a preparar seus alunos para o futuro. Preencha o formulário no site e saiba mais!

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

aluno escrevendo
Leitura

Quem lê muito escreve bem? A relação entre leitura e escrita. Com dados!

Qual a ligação entre leitura e escrita? No nosso post, trazemos dados que mostram a importância da leitura para escrever bem e de forma clara. Confira!

Continuar
cartaz da maratona da árvore
Leitura

Meu mês maluquinho: confira relato de professora que participou da nossa Maratona de Leitura

Trazemos o relato da Meire Tisott do 5º ano do Colégio Madre Imilda, o Rio Grande do Sul, que participou da Maratona de Leitura da Árvore em 2017.

Continuar
menino lendo história em quadrinho
Leitura

Quadrinhos combinam com literatura na escola? Saiba a resposta!

No artigo de hoje debateremos se quadrinhos combinam ou não com literatura na escola. Confira!

Continuar