Como trabalhar a leitura e a escrita de forma lúdica em sala de aula? 5 ideias para inspirar

Formar mais e melhores leitores é um desafio para grande parte dos professores. Afinal, conseguir canalizar a atenção da criança no aprendizado desde o início do processo de letramento contribui muito para o sucesso desse objetivo. Assim, uma prática que pode ajudar a conquistar o interesse dos alunos é aprender como trabalhar leitura e escrita de forma lúdica.

Por isso, reunimos neste post uma série de sugestões de atividades. Elas podem colaborar na criação de um processo de aprendizado mais prazeroso e interessante para os alunos.

5 maneiras para trabalhar a leitura e a escrita de forma lúdica

Veja abaixo as sugestões de atividades que selecionamos. Primeiramente, é importante lembrar que o principal objetivo ao realizá-las é gerar o maior entusiasmo possível no aluno por ler e escrever.

1 - Repetição e Rima

A repetição torna os livros mais previsíveis. Assim, ela facilita a interação com os jovens leitores.

O que você precisará:

  • Livros com frases repetidas
  • Poemas rimados curtos

O que fazer:

  • Escolha uma história com frases repetidas, rimas ou um enredo que os alunos já conheçam.
  • Leia devagar e com um sorriso ou um aceno de cabeça. Além disso, deixe os alunos perceberem que eles devem interagir e participar.
  • À medida que as crianças se familiarizarem com a história, pare e dê a elas a chance de preencher os espaços em branco e as frases.
  • Para turmas alfabetizadas, encoraje os alunos a lerem sozinhos. Dessa forma, as crianças irão eventualmente memorizar partes da história ou imitar a sua leitura. Esta é uma parte normal do desenvolvimento da leitura.

2 - Conversa sobre histórias

Falar sobre o que se lê é outra maneira de ajudar as crianças a desenvolverem habilidades de linguagem. Você não precisará planejar a conversa. Assim, discuta cada história na hora.

O que você precisará:

  • Livros de histórias

O que fazer:

  • Leia devagar e pare ocasionalmente para pensar em voz alta sobre uma história. Dessa maneira, você pode dizer: "eu me pergunto o que vai acontecer a seguir!". Além disso, faça uma pergunta: "você sabe o que significa essa palavra?".
  • Responda as perguntas dos alunos. Se achar que eles não entenderam alguma coisa, pare e pergunte a eles. Portanto, não se preocupe se quebrar o ritmo da história para esclarecer alguma coisa. Mantenha-a fluindo o mais natural possível.

Fazer com que as crianças falem sobre as histórias que leem pode ajudar no desenvolvimento de seus vocabulários. Além disso, elas podem dessa forma relacionar histórias à vida cotidiana. Por fim, as crianças poderão ainda usar seus conhecimentos prévios para compreender o que foi lido.

Leia também: 9 desafios para a formação de leitores. Com dicas práticas!

3 - Mundo das palavras

Essas são algumas maneiras de criar uma aula rica em descobertas. Afinal, as histórias são formadas, primeiramente, por palavras.

O que você precisará:

  • Cartolina
  • Lápis, giz de cera ou marcadores
  • Cola
  • Jornais e revistas
  • Tesoura sem ponta

O que fazer:

  • Pendure um cartaz em branco na parede da sala de aula.
  • Peça aos alunos para inventarem uma lista de palavras. Assim, pode ser uma lista de tarefas ou de brincadeiras. Em seguida, diga as palavras em voz alta. Por fim, cuidadosamente, diga a letra inicial de cada item.
  • Imprima, recorte ou desenhe letras em tamanho grande. Geralmente, as letras maiúsculas são mais fáceis para as crianças pequenas aprenderem primeiro.
  • Deixe cada aluno contribuir com os itens da lista. Além disso, ajude-os a formar as letras e soletrar as palavras.
  • Cole as letras iniciais e escreva as palavras completas da lista escolhida no cartaz.

Outra opção de atividade:

  • Olhe jornais e revistas. Encontre uma foto interessante e mostre-a enquanto você lê a legenda em voz alta.
  • Crie um scrapbook (em português, livro ou álbum de recortes). Corte fotos de pessoas e lugares e rotule-as com as letras iniciais.
  • Por fim, transforme este material em um lindo cartaz para a sala de aula.

Ao expor os alunos a palavras e letras com frequência, eles começarão a reconhecer as letras do alfabeto. Assim, o mundo das palavras se tornará mais amigável.

4 - Histórias com bonecos de pano

O que você precisará:

  • Bonecas(os) de pano
  • Livros de história

O que fazer:

  • Fale para os alunos qual será a história do dia. Além disso, convide um grupo para contá-la e conduzir os bonecos.
  • Siga o curso natural da história e estimule que os alunos lembrem e contem com suas próprias palavras.
  • Ajude os alunos na reprodução da história para que eles não se percam.

É importante nesse processo de descobrir como trabalhar a leitura e escrita de forma lúdica e efetiva. Portanto, é preciso criar oportunidades para os alunos comandarem as atividades.

À medida que vão progredindo no aprendizado, os professores podem trabalhar livros mais complexos. Além disso, podem também acrescentar novas práticas e ensinamentos.

5 - Leituras divertidas

As crianças adoram ouvir uma boa história lida em voz alta. Há uma abundância de histórias que as crianças vão querer ouvir muitas vezes. Por fim, elas finalmente vão ler as histórias por si mesmas.

O que você precisará:

  • Uma variedade de livros interessantes. Assim, as histórias para crianças pequenas podem ser de vários tipos. Contos populares, contos engraçados, contos excitantes, contos maravilhosos ou histórias cotidianas.

Lembre-se que crianças pequenas querem ler o que as faz rir ou chorar. Afinal, elas precisam da emoção de imaginar algum personagem ou aventura. Dessa forma, a dica é deixar seus alunos escolherem a história que eles querem que você leia.

O que fazer:

  • Um passo essencial para ensinar a ler é ler em voz alta. Afinal, isso contribui para o processo de aquisição da linguagem. Além disso, contribui para o desenvolvimento da fluência leitora.
  • Incentive os alunos a fazer comentários e perguntas durante a contação de história.
  • Seja flexível o suficiente para abandonar um livro que não tiver apelo após tentativas. Afinal, ninguém, especialmente uma criança, deve ser forçado a ler ou ouvir livros que não lhe agradam.
  • Dê ao aluno dicas para ler mais. Além disso, dê muitas oportunidades para escrever histórias.

As habilidades de leitura e escrita se reforçam mutuamente. Portanto, basta ajudar os alunos a conectarem a leitura à escrita como forma de desenvolvimento dessas duas habilidades.

Leia também: Quem lê, escreve bem? A relação entre leitura e escrita (+dados)

Esse conteúdo foi produzido por:

Time de especialistas pedagógicos da Árvore

Trilha de Leituras

Material gratuito

Trilha de Leituras Árvore

Garanta o desenvolvimento da leitura na sua escola durante o ensino híbrido e remoto.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

professora lendo para alunos da educação infantil
Leitura

Qual a importância da leitura na educação infantil? 5 benefícios de incentivar esse hábito

Ler para crianças desde cedo é fundamental para a formação de leitores! Confira neste post os benefícios da leitura na educação infantil.

Continue lendo
alunos lendo de forma lúdica
Leitura

Como incentivar a leitura de forma lúdica: descubra agora!

Está com dificuldades para engajar seus alunos na leitura? Confira agora como incentivar a leitura de forma lúdica entre seus alunos!

Continue lendo