Checklist da escola segura: como a gestão promove saúde mental
Baixe agora!
Blog da Árvore
Leitura
Vamos falar sobre magia?

Vamos falar sobre magia?

2016-11-24
Post modificado em:

Quantas vezes entramos em um livro e nos permitimos vivenciar a sua magia? Nos desligarmos um pouco do corre-corre diário e nos entregamos aos conflitos, as felicidades e as angústias de seus personagens? E mais do que isso, quantas vezes trazemos essa mágica para a nossa vida?Muito tem-se discutido sobre como a leitura obrigatória afasta as crianças de se apaixonarem pelos livros e como isso afeta cada pessoa ao longo de sua vida. Um hábito construído na infância é muito mais fácil de ser trabalhado e os benefícios são inúmeros para a construção de um pensamento crítico dentro da nossa sociedade. A magia morre em pequenas atitudesLer para decorar e ir bem em uma prova, tirar xerox de capítulos separados sem enfatizar a importância da obra como um todo, exigir a leitura de clássicos (imperdíveis) quando a turma ainda não está preparada ou até mesmo se ver obrigado a dedicar um tempo para a leitura de um livro que não interessa em nenhum aspecto, ler apenas para cumprir exigências da escola. Essas são ações que caíram na rotina tanto de alunos quanto de escolas e professores e que criam um abismo entre leitura dinâmica e a leitura efetiva.A leitura dinâmica é feita com o correr dos olhos, com o objetivo de captar as ideias centrais com palavras-chaves e frases de impacto. É aquela leitura em que não nos incomodamos de pular algumas frases longas uma vez que já entendemos o contexto. Com uma leitura dinâmica podemos até concluir um trabalho com aquele livro, mas pode ter certeza que ele não terminou seu trabalho em nós. A importância da leitura efetiva Quando usamos a leitura efetiva estamos nos entregando ao universo da obra. Uma leitura que tira o sono e que a gente quer ter o livro sempre perto para ler em qualquer brecha do dia. O dilema de ler tudo em uma noite ou de guardar para durar mais. A sensação de ler algo que foi escrito para um certo momento de vida, uma mensagem ou até uma identificação com os questionamentos. Essa leitura que agita, que faz pensar e que nos tira da zona de conforto é a leitura efetiva. O melhor benefício da leitura efetiva é o poder de propagação, é o poder de sair do universo literário e causar algum efeito de fato em nosso comportamento real. Quando lemos um livro que nos abraça queremos sair indicando para todo mundo. Ou então quando percebemos que um amigo tem o mesmo gosto literário, a gente indica. Ou até alguém desabafa algum conflito pessoal que a resposta está naquelas páginas, a gente indica de novo. E a indicação constante de livros passa a fazer parte da nossa rotina e a magia também. Afinal, não existe nada mais contagiante do que a magia de um livro. Acredite!

No items found.

Baixe o Guia Definitivo da Gestão Escolar!

Tenha acesso a dicas, materiais e conteúdos práticos para tornar o dia a dia da gestão escolar mais simplificado. É gratuito!

Preencha o formulário ao lado e receba o material no seu e-mail.

Formulário enviado com sucesso!
Erro! Por favor, tente novamente.

Você pode gostar também

Leitura

Como usar dados para acompanhar os índices de leitura?

Descubra neste post como acompanhar os índices de leitura dos alunos da sua escola e usar os dados a favor da aprendizagem.

Continuar
Leitura

Concursos de leitura: como a prática forma leitores

Neste post, você vai saber como funciona um concurso de leitura e como ele pode ser aplicado nas escolas.

Continuar