Como trabalhar a leitura em diferentes disciplinas? Confira agora!

Por muito tempo, a ideia de leitura esteve restrita apenas à decodificação dos símbolos e códigos. Permitindo que, por muitas gerações, o processo de aprendizado do ato de ler estivesse preso a tarefas desconexas, como a comum tarefa de recortar letras isoladas de revistas e jornais, por exemplo.

No entanto, a importância da leitura alcançou um novo paradigma com o advento da sociedade da informação, na qual o indivíduo precisa de outras habilidades além do ato isolado de decodificação de consoantes e vogais.

Sobretudo, ler tem a ver com reflexão, interpretação e correlação dos sentidos. Por isso, nas aulas o livro didático não deve ser o único material disponível aos estudantes, mas também os paradidáticos, imagens, jornais e outros recursos audiovisuais que falem sobre a atualidade do assunto que se deseja tratar. Assim, o aluno terá subsídios para uma compreensão mais extensa e contextualizada do tema.

Leitura em diferentes disciplinas

É por isso que faz tanto sentido a leitura ser uma ferramenta de e para todas as disciplinas, porque para aprender sobre digestão, por exemplo, uma temática da Biologia, precisamos compreender o que, como e quando um indivíduo come. E todos esses aspectos se relacionam com a espacialidade, a história e a cultura dessa pessoa.

Portanto, a leitura para além do livro didático é essencial para o aprendizado em todas as áreas de conhecimento. Pensando nisso, separamos algumas dicas para que todos os componentes curriculares consigam trabalhar a leitura. Confira!

Incentive uma leitura de mundo!

Proporcione acesso a revistas, jornais, propagandas e músicas, além de textos que circulam nas redes sociais como depoimentos e afins. Provoque uma análise do discurso, uma análise daquilo que está intrínseco ao que está sendo dito, comparando com diferentes gêneros textuais.

Insira imagens na sua aula!

Incentive conexões dessas figuras com elementos geográficos, sociais e históricos. Ademais, imagens podem carregar sentidos múltiplos. Portanto, instigue a exploração de todos eles! Destacando ainda, as possíveis conexões com outras imagens e textos.

Nas aulas de arte, por exemplo, é possível levar as biografias dos artistas ou livros de técnicas e de diversos segmentos do mundo das artes visuais.

Contextualização com leitura em diferentes disciplinas

A contextualização é um elemento fundamental para todas as disciplinas. É muito importante para o processo de aprendizagem a construção do sentido do que está sendo lido, isto é, a conexão com a realidade.

Portanto, a construção de significado pode ser feita a partir de livros que tangenciam o assunto a ser abordado. Por exemplo, se o conteúdo da sua aula é sobre fatores geopolíticos, por que não trazer Júlio Verne com o livro Uma Volta ao Mundo em 80 dias para ser um guia para essa empreitada? Pense nisso!

Leitura nas exatas

Nas aulas de física, química e matemática também é possível explorar a literatura! Com a leitura de livros paradidáticos, as fórmulas e cálculos serão associados a um momento afetuoso e divertido, elementos que aproximam e prendem a atenção do aluno.

Para isso, a associação com a realidade não pode faltar! Traga livros que atravessem o conteúdo, mesmo que tangencialmente, o mais importante é explorar a imaginação e construir identificação com o conteúdo.

Repertório cultural dos alunos

Ademais, abordar o dia a dia com objetos e ações familiares a partir de capítulos e trechos de livros pode ser muito rico para a dinâmica da sala de aula. Se o assunto da aula é Movimento Circular Uniforme, convide os alunos a lerem a biografia de Isaac Newton ou quem sabe outras tantas obras que falam sobre a vida dos mais incríveis físicos e outras figuras que mudaram a história da humanidade, como o Contos para garotos que sonham mudar o mundo: 50 histórias inspiradoras de super-heróis de carne e osso, de G.L.Marvel.

Tecnologia e leitura em diferentes disciplinas

Ah! Também não podemos esquecer o super apoio que as plataformas tecnológicas oferecem. As plataformas digitais permitem um acompanhamento personalizado do aluno, assim é possível inferir informações importantes sobre seu desenvolvimento.

Aqui na Árvore Livros, a partir do nosso material Estações de Saberes, os professores de vários campos e segmentos encontrarão uma possibilidade de capacitar seus alunos para o aprendizado de diferentes conhecimentos por meio de uma leitura crítica, contextualizada e concatenada à realidade. Muito bacana, não é?

Finalmente, esperamos que aproveitem nossas dicas e façam dos conhecimentos da sua disciplina uma oportunidade para os alunos desvendarem e aprenderem sobre o mundo por meio da leitura atenta e crítica!  


Esse conteúdo foi produzido por:

Time de especialistas pedagógicos da Árvore

Versão gratuita Árvore Livros

Experimente a versão gratuita da Árvore Livros

Tenha todas as funcionalidades da Árvore Livros em uma versão gratuita com acervo selecionado.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

aluno em sala de aula
Leitura

7 livros para trabalhar a consciência negra com seus alunos

Quer dicas de leitura para trabalhar o Dia da Consciência Negra na sua escola? Aqui, separamos algumas dicas exclusivas para você!

Continuar
alunos e professora trabalhando compreensão da leitura
Leitura

Como trabalhar a compreensão da leitura na sala de aula?

Neste post, a gente traz algumas dicas para você trabalhar a compreensão da leitura com seus alunos em sala de aula.

Continuar