Quer usar o ChatGPT na sua escola em 2024? Baixe nosso guia exclusivo!
Baixe agora!
Blog da Árvore
Gestão Escolar
Evasão Escolar: principais causas e o papel das escolas

Evasão Escolar: principais causas e o papel das escolas

20 de agosto de 2021
5 min
Post modificado em:
14/9/2022

A evasão escolar é um problema social sério que vem sendo um desafio para o país há anos, mas sofreu um aprofundamento em razão da pandemia. Neste artigo, você vai encontrar as principais causas que levam à evasão e como o gestor escolar pode contribuir para o enfrentamento da problemática.

O que é evasão escolar e quais as causas?

Afinal, o que é evasão escolar? Diferentemente do que o senso comum apregoa, a evasão escolar não é sinônimo de abandono escolar. Este diz respeito a uma desistência súbita do estudante em qualquer momento, enquanto a evasão é quando o aluno não retorna à escola para a efetivação da matrícula para o ano letivo que se inicia.

Infelizmente, essa é uma adversidade estrutural resultado da desigualdade que caracteriza o Brasil, tendo em vista que atinge, em sua maioria, estudantes social e economicamente mais vulneráveis entre 16 e 18 anos, majoritariamente homens e negros.

Ademais, é no ensino médio que se concentra a maior faixa de evasão de todos os segmentos. Segundo o IBGE, 20,2% da população entre 14 e 29 anos abandonou ou não completou alguma etapa do ensino fundamental e médio. Esse número é resultado de diversos fatores, tais como:

  • Uma experiência escolar marcada por dificuldades nas disciplinas, como reprovações e repetências e/ou a falta de reconhecimento subjetivo pelo não alcance de notas altas;
  • A violência física e simbólica como bullyings. A exclusão por preconceitos e discriminações pelas características pessoais;
  • Interesses não correspondidos e falta de sentido nos conteúdos tratados em sala.
  • Com relação às adolescentes, a gravidez indesejada é o fator que mais efetivamente causa a evasão escolar desse grupo;
  • A negação de direitos que impedem os jovens de continuar indo à escola, como a ausência de recursos para o cobrimento das passagens de ônibus ou mesmo, nesse contexto de pandemia, o direito à internet;
  • Outro aspecto muito importante é a necessidade de geração de renda imediata pelos alunos quando seus  responsáveis enfrentam dificuldades financeiras.
E-book Recuperação da aprendizagem
E-book gratuito

Material exclusivo sobre Recuperação de Aprendizagem!

Conteúdo feito por especialistas pedagógicos da Árvore para saber mais sobre o tema e como a gestão escolar pode atuar.

Baixe agora!

O que fazer para evitar a evasão escolar?

Agora que destacamos as principais razões da evasão escolar, é muito importante que você, gestor, tenha em mente o seu potencial de ação. Vimos que o não retorno do aluno e da aluna à escola também está ligada a um problema estrutural, mas as ações individuais dos gestores escolares são fundamentais para o enfrentamento do problema.

Sobretudo porque é o gestor que possui uma visão macro da escola e é ele que tem a capacidade de fomentar o movimento assertivo de esforços para alcançar os atores e ações essenciais para o tratamento da questão. Considerando isso, listamos algumas ações para melhorar os índices de permanência na sua escola:

- Esteja atenta(o)

Observar as faltas dos alunos diária e trimestralmente de modo conjunto com a equipe pedagógica é fundamental.  A escola precisa observar a escalabilidade e frequência das faltas de modo a compreender a melhor maneira de interferir e orientar os estudantes e seus responsáveis.

- Atenda às dificuldades

A escola pode ser um ambiente muito competitivo, excluindo, por vezes, aqueles que têm maiores dificuldades no aprendizado dos conteúdos. Por isso, a oferta de monitorias e reforço escolar são essenciais. Elas podem ser um apoio para que os alunos se sintam mais seguros e incluídos na dinâmica escolar.

- Incentive os professores

A coordenação escolar deve incentivar os docentes a elaborarem suas aulas de modo que seus conteúdos estejam conectados à realidade. A escola precisa construir e demonstrar sentido para o que se está estudando, com o intuito de que os conteúdos disciplinares sejam trabalhados de forma contextualizada.

- Fortaleça o vínculo escola x responsáveis

É essencial que os responsáveis participem e compreendam a importância da escola. O fortalecimento do elo entre escola e responsáveis pode ser um diferencial em todos os aspectos para os estudantes. Por isso, fomente reuniões periódicas e outras ações que estimulem a colaboração.

- Reforce a relevância da escola

Sabemos o valor fundamental da escola em nível coletivo e individual. Portanto, reforce a importância, benefícios e impactos estruturais de se manter os estudos. Destaque as possibilidades de conhecimento e desenvolvimento de habilidades humanas e sociais essenciais para uma vida em comunidade.

Criar oportunidades de conversas e palestras com profissionais de diferentes áreas pode ser muito interessante para ampliar a perspectiva de atuação a longo prazo dos estudantes. De modo semelhante, também pode ser válida a oferta de orientação e seminários que auxiliem a traçada de  objetivos e metas para o futuro.

- Utilize tecnologias educacionais

Torne a escola mais interessante e atrativa com a implementação de tecnologias educacionais. Existem muitas soluções digitais que além de fomentar uma melhora no desempenho cognitivo dos estudantes, desenvolvem também competências fundamentais para uma vida em coletividade. As tecnologias digitais são uma nova forma de colocar o aluno no centro da dinâmica escolar.

Ademais,  atuam de modo a enriquecer  o processo de aprendizado, possibilitando que os professores acompanhem e melhor compreendam as dificuldades dos alunos e assim possam agir de modo mais assertivo.

- Fomente oportunidades de diálogo

A criação de rodas de conversa e palestras sobre bullying, discriminação e violências que abordem as diferenças etnorraciais e incluam os alunos com deficiência é um passo muito efetivo para a manutenção dos alunos na escola. Além disso, de modo semelhante, a elaboração de oficinas de artes como poesias, leitura e música são ações que estimulam a produção de sentido e afeto pela escola.

Por fim, a comunidade pedagógica deve buscar reforçar em todas as suas ações e espaços que o ambiente escolar é um lugar que todo estudante deve estar. Portanto, fortaleça continuamente a ideia de que a escola pertence ao aluno, e é exatamente nela que deve permanecer. Baixe gratuitamente nosso Guia do Engajamento Escolar!

No items found.

Baixe o Guia Definitivo da Gestão Escolar!

Tenha acesso a dicas, materiais e conteúdos práticos para tornar o dia a dia da gestão escolar mais simplificado. É gratuito!

Preencha o formulário ao lado e receba o material no seu e-mail.

Formulário enviado com sucesso!
Erro! Por favor, tente novamente.
E-book Recuperação da aprendizagem

E-book gratuito

Material exclusivo sobre Recuperação de Aprendizagem!

Conteúdo feito por especialistas pedagógicos da Árvore para saber mais sobre o tema e como a gestão escolar pode atuar.

Você pode gostar também

Gestão Escolar

8 fatores que os responsáveis esperam da escola

O que os responsáveis esperam da escola? Confira a resposta neste post exclusivo!

Continuar
Gestão Escolar

A comunicação com os pais interfere no desempenho escolar?

Afinal, a comunicação com os pais interfere no desempenho escolar? Neste artigo damos algumas sugestões práticas de estreitar o vínculo familiar.

Continuar