Ensino Híbrido: 4 dicas para engajar os alunos nas aulas

Neste período que transitamos entre o ensino híbrido e o remoto, o engajamento dos alunos passou a ser um desafio. O ensino híbrido é aquela metodologia que combina o ensino presencial e o remoto. Neste post vamos compartilhar quatro dicas para planejar aulas mais integradas e participativas no modelo híbrido. Confira:

1 - Proponha metodologias ativas

Metodologias ativas são focadas no estudante. Elas buscam construir um processo de ensino a partir do desenvolvimento de habilidades e competências. Com isso, as metodologias ativas estão alinhadas à BNCC.  Essas metodologias transformam o processo de aprendizagem ao incentivar a busca ativa dos estudantes por conhecimento. Por isso, são ideais para o ensino híbrido, uma vez que o professor não é o detentor do saber, mas o mediador do processo de aprendizagem.

Podemos destacar a sala de aula invertida como uma forma de colocá-las em prática. Nela o estudante deve se preparar antes da aula de forma autônoma, através de materiais disponibilizados pelo professor. Assim, os encontros presenciais ou síncronos são transformados em momentos de resolução de dúvidas e troca de experiências. Desenvolva metodologias que engajem seus discentes, mesmo que remotamente, dando mais autonomia ao processo individual de ensino.

Lembrete: o próprio ensino híbrido é um tipo de metodologia ativa, mesmo que esse modelo de tenha sido a saída para o momento de pandemia, é possível tornar o momento mais interessante!

2 - Engaje os estudantes com tecnologia para o ensino híbrido

Utilize a tecnologia a seu favor não só no processo de transmissão das aulas durante o ensino híbrido. Introduza plataformas digitais que criem novos canais de comunicação com os estudantes e possibilitem maior interação dentro e fora de sala de aula.

Um dos pontos fundamentais na hora de pôr em prática o ensino híbrido na sua escola é utilizar a interatividade como instrumento didático. As novas tecnologias de informação e comunicação são uma porta para a garantia desta interação. Assim, os estudantes, mesmo que remotamente, passam a se sentir parte da comunidade escolar. Aposte em quizzes, enquetes, nuvens de palavras, mapas interativos e outras ferramentas disponíveis no mundo virtual.

3 - Utilize atividades gamificadas

A BNCC frisa a importância do uso de tecnologia no currículo escolar. Uma metodologia ativa que integra tecnologia ao ensino híbrido de forma divertida e engajadora são as atividades gamificadas. Elas utilizam elementos de jogos no processo de construção do conhecimento.

Por conta disso, as atividades gamificadas exploram a autonomia e a postura autoral dos jovens. Além disso, elas podem ajudar na resolução de problemas e no pensamento estratégico. As plataformas gamificadas podem ser um trunfo para engajar os seus estudantes em atividades remotas, integrando-os com os que estão em modelo presencial.

4 - Crie novos projetos escolares

Para que as crianças e adolescentes estejam engajados no projeto escolar, pense em projetos que possam envolver os estudantes e famílias para além da sala de aula. A falta de espaço físico pode ser suplantada por atividades engajadoras realizadas remotamente. Crie gincanas que envolvam estudantes e famílias, proponha rodas de leitura e contação de histórias, crie canais para debate. Além disso, esteja sempre aberto para ouvir as demandas de suas alunas e seus alunos.

Nos deparamos com a realidade do ensino híbrido em um momento muito delicado. Portanto, a regra básica para este período é a empatia. Muitas vezes o engajamento será um desafio, mas não desanime! Todas as escolas estão enfrentando este momento da melhor forma possível.

Uma dica final: não esqueça da sua equipe. Alunos engajados resultam de um time motivado. Esteja atento às necessidades de quem constrói o projeto escolar ao seu lado. Não esqueça que o ensino híbrido veio para ficar e pode ser utilizado no futuro. Aproveite para mergulhar nesse universo!

No items found.
e-book Ensino híbrido

E-book

Ensino híbrido

Aprenda novas habilidades para criação de aulas que realmente funcionam.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

alunos usando tecnologia educacional
Educação

Como a tecnologia educacional pode ajudar na sala de aula?

Você sabe os benefícios que a tecnologia educacional pode trazer para sua escola? Neste post, te contamos como!

Continue lendo
educadores trabalhando interdisciplinaridade na escola
Educação

Aprenda a trabalhar interdisciplinaridade na escola em 4 passos

Quer saber como trabalhar a interdisciplinaridade na sua escola? Ensinamos neste post com quatro passos!

Continue lendo