Como conversar com os alunos sobre a Agenda 2030 e promover ações no espaço escolar?

Você está com dificuldades de preparar sua equipe para os conteúdos do currículo e as demandas que surgem na sociedade? A Agenda 2030 é uma dessas demandas!

Acreditamos que essa pode ser uma questão para várias escolas. E por isso, resolvemos refletir sobre o tema e pensar possíveis ações na comunidade escolar.

A Agenda 2030 e o que ela propõe

A Agenda 2030 é um plano de ação e compromisso de diversos países com a erradicação da pobreza em todas suas formas e dimensões. Esse é um desafio global e requisito fundamental para o desenvolvimento sustentável.

Esse plano indica 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (os ODS) e 169 metas para erradicar a pobreza e promover vida digna a todos, dentro dos limites do planeta. Além disso, a parceria é mundial e orienta governos, escolas, academias, cidadãos e empresas para melhorar a vida das pessoas agora e no futuro.

O grande objetivo é melhorar a vida agora, sem comprometer a vida no futuro. Ou seja, de modo sustentável. Assim, o plano de ação deseja chegar em 2030 cumprindo os 17 ODS, que incluem iniciativas econômicas, sociais e ambientais.

O currículo nas escolas e a Agenda 2030

Para cumprir o currículo nas escolas há de se ter um alinhamento entre as Competências Gerais estabelecidas pela BNCC e o Plano Político Pedagógico da escola. Esse plano deve mergulhar no contexto daquela comunidade.

Além disso, é preciso ter uma “antena” sempre ligada ao entorno do que acontece no mundo. Sem isso, não há de fato uma inclusão do estudante em uma sociedade mais justa e responsável.

A Agenda 2030 e a BNCC

A Competência Geral 09 da BNCC versa sobre empatia, diálogo e cooperação. Assim, partindo dela, podemos pensar em desdobramentos para as competências específicas de cada área do conhecimento e uni-las com os ODS. Dessa forma, é possível desenvolver projetos que levem os estudantes a extrapolarem os muros da escola.

“Exercitar a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos e a cooperação, fazendo-se respeitar e promovendo o respeito ao outro e aos direitos humanos, com acolhimento e valorização da diversidade de indivíduos e de grupos sociais, seus saberes, identidades, culturas e potencialidades, sem preconceitos de qualquer natureza.” ( BNCC, Competência Geral 09)

Para o planejamento desses projetos na escola, que tal fazer o exercício de relação entre esse documento normativo e a Agenda 2030?  O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 04 é um dos caminhos que podemos relacionar com Competência Geral 09. Portanto, ele defende a Educação de Qualidade e desmembra as metas em alguns tópicos, entre eles:

“4.7 Até 2030, garantir que todos os alunos adquiram conhecimentos e habilidades necessárias para promover o desenvolvimento sustentável, inclusive, entre outros, por meio da educação para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida sustentáveis, direitos humanos, igualdade de gênero, promoção de uma cultura de paz e não-violência, cidadania global, e valorização da diversidade cultural e da contribuição da cultura para o desenvolvimento sustentável.”

Ao olhar para o currículo da escola, pode-se pensar nas relações entre BNCC, Agenda 2030 e objetivos das áreas de Língua Portuguesa e História, por exemplo. Promover com sua equipe docente o exercício dessas relações é ampliar o olhar cidadão da sua comunidade.

Quais os passos possíveis para planejar?

Que tal promover encontros dos educadores de diferentes áreas do conhecimento e propor a leitura dos 17 ODS e  das 10 Competências Gerais da BNCC? Afinal, esse pode ser um ótimo começo para refletir sobre como a escola pode dar conta dessas metas da Agenda 2030.

Sugira o exercício de estabelecer as relações entre esses documentos, como trouxemos no exemplo do tópico acima. Em seguida, sugira que se relacione com os objetivos das áreas de conhecimento. Por fim, proponha um diálogo entre professores e professoras para que se pense na possibilidade de projetos interdisciplinares.

Escolha duas áreas e elaborem coletivamente, servindo de modelo para outros educadores, um projeto unindo Língua Portuguesa e História.

Leia também: Pedagogia de projetos: saiba os passos para implementar em sua escola

Leitura e a Agenda 2030

O que os alunos devem saber ler e escrever para se apropriarem desse pensamento cidadão e que valorize as diferenças culturais, de modo sustentável? Estamos falando de leitura de documentos oficiais, notícias, artigos e/ou entrevistas? Além disso, em História, estamos falando em entender contexto de conflitos e revoluções, com base em análise de documentos históricos?

O objetivo é unir esses conteúdos presentes no currículo. Assim, será possível garantir o desenvolvimento das habilidades exigidas pela BNCC e ampliar a atuação da sua escola para cumprimento dos ODS, da Agenda 2030.

Com essa visão ampliada, temos a certeza de que os estudantes poderão fazer uma leitura de mundo muito mais ampla. E desse modo, atuar de forma consciente, ética, responsável e sustentável.

Veja também nosso conteúdo no Youtube sobre a Agenda 2030:

Letícia Reina é Gestora Educacional da ÁrvoreCom mais de 25 anos de experiência em escolas, Letícia é mestre em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem.

Esse conteúdo foi produzido por:

Letícia Reina

Letícia Reina é Gestora Educacional da ÁrvoreCom mais de 25 anos de experiência em escolas, Letícia é mestre em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem.

download gratuito do E-book Escola também é casa

E-book

Escola também é casa

8 dicas para construir uma relação de confiança com as famílias.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

livros do paulo freire
Professores

8 livros de Paulo Freire para pensar educação

Entre em contato com os livros de Paulo Freire. Preparamos uma lista com os principais títulos para conhecer o trabalho do educador.

Continue lendo
aluno engajado em sala de aula
Professores

4 estratégias para melhorar o desempenho dos alunos!

Quer saber como melhorar o desempenho de seus alunos em sala de aula? Neste post, você confere dicas práticas de como fazer seus alunos se engajarem!

Continue lendo