Como reter alunos? A tecnologia pode ser uma das respostas!

Todos os anos, durante a campanha de rematrícula, um dos principais desafios na escola é a retenção dos alunos. Ter uma taxa de retenção alta e alunos que se mantém ano após ano é importante não só para a saúde financeira da escola, como para realizar um trabalho de educação integral entre os estudantes.

Assim, nesse post, vamos falar sobre o tema nos dividindo em três partes: quais as principais dores da escola, como encantar as famílias e alunos, e dicas realmente práticas para aplicar na sua campanha de retenção. Vem com a gente!

Retenção de alunos e evasão escolar: quais os desafios para a escola?

Sabemos que manter uma boa taxa de retenção de alunos é importante para a própria manutenção da escola e o trabalho desenvolvido na mesma. Realizar o acompanhamento do início ao fim da jornada de um estudante é um dos principais objetivos de cada colégio.

Mas, seja por motivos como mudança de residência ou financeiros, nem sempre os alunos permanecem por todo o período escolar na mesma instituição de ensino. Então como fazer para que essa taxa de evasão escolar não seja aumentada por outros motivos?

Entender o motivo pelo qual famílias deixam sua escola é de fato o primeiro passo para entender por quais desafios sua instituição pode estar passando. São só motivos contingenciais ou há alguma reclamação específica? 

Um exemplo para ilustrar: se muitas famílias deixam a escola se queixando das instalações e salas de aula, vale pensar em se planejar para reformar espaços ou aprimorar equipamentos.

Como encantar as famílias e os alunos?

Portanto, entender o motivo da evasão escolar e as principais demandas da sua comunidade escolar é importante para mapear ações. Às vezes, pode ser uma simples questão de ajuste de estrutura ou horários. Outras vezes, pode ser uma questão maior, que envolva replanejamento didático ou até mesmo do Projeto Político Pedagógico da escola.

Assim, estar atento(a) às necessidades das famílias e dos alunos é importante para manter os mesmos satisfeitos, o que naturalmente os manterá na sua escola. Para isso, você pode realizar uma pesquisa entre as famílias ou mesmo entrevistas com seus alunos.

Ao fim, encantar as famílias não passa apenas por satisfazer suas demandas e pedidos. Mas entender aquilo que pode ser acolhido, dando a todos o sentimento de escuta e pertencimento à escola.

Fique atento: encantar as famílias e alunos é dar esse acolhimento e atenção que eles merecem. Quando alguém se sente pertencente a um grupo ou instituição, não irá querer deixá-lo.

4 dicas práticas para sua campanha de retenção

Afinal, como realizar tudo isso na prática? O primeiro passo é realmente ter planejada e desenhada uma campanha de retenção na sua escola. Vamos ajudá-lo:

1 - Mapeie as principais dores das famílias e alunos

Já falamos o quanto é importante investigar porque alunos estão deixando sua escola. Mas é importante manter esse monitoramento de forma constante e com todas as famílias e alunos da sua escola.

Dessa forma, você irá entender o que as famílias buscam na hora de confiar seus filhos à escola. E também poderá mapear aquilo que pode estar afetando o rendimento escolar dos estudantes.

Como fazer na prática? Você pode realizar uma pesquisa através do Google Formulários e enviá-lo através de e-mail ou notificação. É possível ainda realizar entrevistas individuais com grupos de pais e alunos para mapear de forma mais qualitativa as opiniões. 

Após coletar as respostas, é importante notar quais as repetições e aquilo que mais aparece entre as principais dores de famílias e alunos.

Leia também: 5 dicas de como aplicar a gestão democrática na escola

2 - Encontre soluções para o que pode ser resolvido

Após mapear as dores, vale encontrar o que pode ser solucionado. Aqui, vale tanto para questões como infraestrutura, problemas financeiros ou questões pedagógicas envolvendo o planejamento da escola.

Como fazer na prática? Primeiro, encontre aqueles que são os principais desafios da sua escola, os que foram mais citados nas pesquisas ou na hora de ouvir sua comunidade escolar.

Em seguida, divida aquilo que pode ser resolvido a curto, médio e longo prazo. Assim, você consegue estabelecer um calendário de ações e até mesmo já apontar para os pais que sua escola está atenta às demandas e tem um planejamento para resolver as questões.

3 - Tenha um bom relacionamento com toda comunidade escolar

Ter uma verdadeira comunidade escolar é valioso e importante para sua escola. Além de afetivamente, ser uma ótima forma de receber as famílias e os alunos na sua instituição. Portanto, mantenha um ótimo relacionamento com os responsáveis, os alunos e também toda sua equipe. Ao criar uma cultura própria da sua escola e repassar isso para as famílias e alunos, você estará criando uma verdadeira comunidade, que compartilha valores, afetos e experiências em comum.

Como fazer na prática? Além da escuta ativa, tenha ações que mostre o carinho e cuidado que sua escola tem com todos, seja através de reuniões, encontros, rodas de conversa, eventos festivos e comunicados e cartas.

4 - Invista em inovação e tecnologia

As famílias também buscam escolas que estejam antenadas às tendências e com bastante inovação para preparar o aluno para o futuro. Escolas que tenham um ótimo material escolar e ofereça uma base capaz de oferecer educação midiática e tecnológica podem ter um diferencial.

Portanto, nossa dica de ouro é: invista em inovação e tecnologia! Com elas, você mostra para as famílias que consegue preparar os estudantes para as habilidades necessárias para o século XXI e para seu futuro.

Além disso, as tecnologias também permitem um acompanhamento e registro contínuo do progresso dos alunos, oferecendo relatórios, atividades e diversos materiais que você pode mostrar às famílias e permitir aos pais o acompanhamento do progresso dos alunos.

Como fazer na prática? Busque soluções e tecnologias educacionais que realmente funcionem na sua escola. Identifique as oportunidades e setores que mais precisam de inovação. Por exemplo: se você está tendo dificuldades para desenvolver o projeto de leitura da sua escola, que tal contar com o apoio da tecnologia para a promoção de novos leitores?

Ouça também o episódio do nosso podcast Plantando Histórias: Projetos de inovação e tecnologia na educação, com Débora Garofalo

Esse conteúdo foi produzido por:

Time de especialistas pedagógicos da Árvore

Versão gratuita Árvore Livros

Experimente a versão gratuita da Árvore Livros

Tenha todas as funcionalidades da Árvore Livros em uma versão gratuita com acervo selecionado.

10.000+ people recommend using Client-first

Você pode gostar também

sala de aula sem alunos
Gestão Escolar

Como evitar a evasão escolar: 3 estratégias para aplicar na sua escola

Quer entender como sua escola pode evitar a evasão escolar? Confira nosso post!

Continuar
sala de aula interativa
Gestão Escolar

6 ideias para criar salas de aula interativas em sua escola

Confira nesta postagem seis ideais inovadores para garantir salas de aula interativas na sua escola. Com isso, você vai garantir uma aprendizagem significativa!

Continuar